top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Ensina-nos a orar



“Estava Jesus em certo lugar orando e, quando acabou, disse-lhe um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos. Ao que Ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai, santificado seja o teu Nome; venha o teu Reino; dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano; e perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo aquele que nos deve; e não nos deixes entrar em tentação, mas livra-nos do mal. Disse-lhes também: Se um de vós tiver um amigo, e se for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois que um amigo meu, estando em viagem, chegou a minha casa, e não tenho o que lhe oferecer; e se ele, de dentro, responder: Não me incomodes; já está a porta fechada, e os meus filhos estão comigo na cama; não posso levantar-me para te atender; digo-vos que, ainda que se levante para dar-lhos, por ser seu amigo, todavia, por causa da sua importunação, se levantará e lhe dará quantos pães ele precisar.” (Lucas 11:1-8)

Os discípulos pediram a Jesus que lhes ensinasse orar, e esse deveria ser o pedido de todos nós, pois observo que a maioria não sabe orar e fica fazendo vãs repetições e pedidos muitas vezes ofensivos e totalmente contrários a sua Palavra. Mas isto acontece exatamente por agirem de maneira emocional e não espiritual, como deveria ser. Por exemplo, para sermos guiados pelo Espírito de Deus, devemos primeiramente conhecê-lo, e a única maneira de o conhecermos é através da sua Palavra, e quando meditamos nos Evangelhos, nós aprendemos a como orar. Jesus respondeu a todos os discípulos Dele, e a resposta está como acabamos de ler aqui, basta colocarmos em prática os ensinamentos do Senhor. Ele nos deu uma base, mas temos que entender que isso não é para ficarmos repetindo o Pai Nosso, mas para sabermos o que devemos falar. Temos que engrandecer e louvar o nosso Pai, sabendo que o nosso destino tem que ser o seu Reino, e que a todo tempo a vontade Dele se cumpra não somente em nossas vidas, mas na de todos, lembrando que não é só no Céu, mas na terra e em toda a parte. Também pedirmos a sua proteção para que nos livre do mal, pois só Ele tem Todo o Poder.

“Pelo que eu vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; pois todo o que pede, recebe; e quem busca acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á. E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” (Lucas 11:9-13). Não podemos ficar orando pedindo isto ou aquilo para nós, devemos buscar e clamar sempre por sabedoria, pois, sendo sábios, então saberemos como orar e o que pedir, e o que pedirmos receberemos, seremos atendidos, pois estaremos pedindo de acordo com a vontade do Senhor. Não temos que ficar insistindo que o Senhor nos dê alguma coisa, atenda a algum pedido nosso, pois Ele é Pai e sabe exatamente de que necessitamos e nos atenderá, não porque estamos pedindo, mas por seu infinito amor. Assim como nós sabemos dar boas coisas aos nossos filhos, Ele, principalmente, saberá nos dar o que é melhor para nós. Também assim como uma criança não sabe o que é melhor para ela, e muitas vezes faz pedidos que não podemos atender, pois não faria nenhum bem para ela, assim também é o nosso Pai. Temos que compreender que o nosso Pai não nos atenderá por sermos insistentes e o vencermos no cansaço, assim como nessa parábola. Deus nos atende e nos dá o que precisamos por amor, e não para ficar livres de nós, como no caso citado, por isto devemos sempre compreender o Evangelho para não vivermos em confusão. Deus não quer ficar livre de nós, portanto, temos que agir e pedir com sabedoria, e não sermos como crianças mimadas que brigam com os seus pais e exigem isto e aquilo, e muitas vezes os pais atendem para ficarem livres da importunação. Temos que compreender que nosso Deus e Pai é muito grande, e por mais que queiramos, jamais vamos conseguir importuná-lo, portanto, sejamos sábios, busquemos sabedoria Nele e sejamos verdadeiros discípulos Dele. Façamos como Ele mandou, oremos de acordo com os seus ensinamentos e, com certeza, seremos atendidos. Sejamos espirituais e não carnais, pois Ele é Espírito e importa que o adoremos em espírito e em verdade. “Estava Jesus expulsando um demônio, que era mudo; e aconteceu que, saindo o demônio, o mudo falou; e as multidões se admiraram. Mas alguns deles disseram: É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que Ele expulsa os demônios. E outros, experimentando-o, lhe pediam um sinal do céu. Ele, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será assolado, e casa sobre casa cairá. Ora, pois, se Satanás está dividido contra si mesmo, como subsistirá o seu reino? Pois dizeis que eu expulso dos demônios por Belzebu. E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam os vossos filhos? Por isso eles mesmos serão os vossos juízes. Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, logo é chegado a vós o Reino de Deus.” (Lucas 11:14-20).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page