• Pr. Henrique Lino da Silva

Embaraço e pecado

“Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hebreus 12:1-2)

Todos nós que gostamos de nos identificarmos como cristãos, como conhecedores do Senhor, temos por obrigação conhecer as Escrituras, portanto, sabemos que não podemos sequer pensar em desistir. Sabendo quem é Jesus e tudo o que Ele sofreu para que pudéssemos ter direito à vida eterna Nele, não podemos simplesmente virar as costas e dizer que não conseguimos, que estamos sofrendo muito, pois Ele sofreu muito mais do que qualquer ser humano. Ele suportou mais afrontas, humilhação, sofrimento e morreu por cada um de nós. Assim, sabendo quem é o Senhor, não podemos estar ainda no pecado, porque, primeiro, sabemos para onde iremos se continuarmos no pecado, e ainda temos que nos lembrar do sofrimento de um inocente por nossa causa. Mas Ele sofreu tudo e venceu, foi vencedor e está vivo por toda a eternidade, está sentado à direita de Deus Pai, e todos os joelhos se dobram diante Dele. Ele recebeu toda autoridade no Céu e na terra. Ele prometeu vitória Nele para todos os que o acompanharem, e só existe uma única maneira de o acompanhar, que é pela obediência, assim, olhamos para Ele e não nos preocupamos com nada mais. Jesus, sabendo o que o aguardava, sabendo o que o Pai havia lhe prometido, Ele suportou tudo e não reclamou de nenhuma das afrontas, e em nenhum momento sabemos de Ele reclamar ou pedir clemência, mas de simplesmente seguir em frente em sua missão em obediência ao Pai. Se somos cristãos, que quer dizer aprendizes de Cristo, se somos seus seguidores, então da mesma maneira que Ele devemos proceder, e seguimos em frente sem ficarmos lamentando ou com sentimentos de autopiedade, autocompaixão, porque sabemos o que nos aguarda, e, assim como Jesus, seguimos glorificando o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), porque sabemos que também venceremos Nele. “Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.” (Hebreus 12:3). Temos que considerar, lembrar, pensar sobre tudo o que Jesus passou por nossa causa, e então temos um exemplo para seguir. Simplesmente a pessoa falar que é crente, evangélica, cristã, mas só por falar, e viver pedindo bênçãos e milagres, que não pode sofrer nenhuma humilhação, ou se passar por alguma necessidade já diz que está sofrendo ataques do diabo, que Deus precisa entrar com providências, isso não é conhecer o Senhor, isso não é seguir Jesus. Essa pessoa é simplesmente religiosa e está muito longe do Senhor, e se não se converter a Cristo, irá padecer por toda a eternidade. Assim, não olhamos para as nossas fraquezas ou dores, mas seguimos Cristo sem nos lamentar, porque sabemos que tudo o que acontece está sob o controle do Senhor, uma vez que Ele é o nosso Deus, é o Senhor dos senhores. Os cristãos, seguidores de Jesus, têm que estar preparados para sofrer, pois sabemos que estamos em território inimigo e que aqui não é nossa casa, nem nosso lugar de destino, por isso não nos preocupamos em obter bens materiais, pois não carregamos bagagens. Nosso destino está no Senhor, e por tal o seguimos esquecendo-nos de todo o resto. “Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado.” (Hebreus 12:4). Não sofremos nada ainda, não lutamos como deveríamos para resistir ao pecado, por isso é que somos vencidos por ele, mas, a partir do momento em que resolvermos lutar, não aceitar, não concordar com o pecado, com certeza venceremos. Temos que resistir até a morte, se necessário for, mas jamais cair em tentação, jamais ceder ao pecado, porque o preço que pagaremos será por toda a eternidade. Assim vamos crescer espiritualmente e vamos olhar o Evangelho como Ele é, que é o próprio Jesus Cristo, e não ficarmos crendo em pregadores que ensinam de maneira contrária à Palavra. São muitos os que dizem que cristão não pode sofrer, e se passar por dificuldades ou lutas é porque está fazendo algo errado e está em pecado. Mas a Bíblia nos mostra outra coisa, por isto sabemos que esses pregadores precisam se converter ou ler mais a Bíblia. Jesus nos prometeu lutas, afrontas e perseguições aqui, e que as sofreríamos por causa do Nome Dele. Então devemos parar de ir diante do Senhor com orações, rezas, repetições, somente pedindo as coisas, vamos buscar o Senhor, porque Ele é Deus e nos prometeu vida, salvação Nele. Não podemos ficar nos lamentando porque muitas vezes o Senhor está nos corrigindo, e isso Ele faz por nos amar e desejar que sejamos salvos.“ E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por Ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.”(Hebreus 12:5-6). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram