top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Ele nos avisou





“Tenho-vos dito estas coisas para que vos não escandalizeis. Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus. E isto vos farão, porque não conheceram ao Pai nem a mim. Mas tenho-vos dito isto, a fim de que, quando chegar àquela hora, vos lembreis de que já vo-lo tinha dito. E eu não vos disse isto desde o princípio, porque estava convosco. E agora vou para aquele que me enviou; e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais? Antes, porque isto vos tenho dito, o vosso coração se encheu de tristeza. Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado. Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.” (João 16:1-15)

 

       Jesus nos alertou sobre os sofrimentos, as perseguições que enfrentaríamos, Ele nos avisou que seríamos expulsos, inclusive dos templos denominacionais, das congregações, exatamente por esses líderes religiosos discordarem Dele, do Evangelho Dele, e ensinarem, viverem e pregarem outros evangelhos. E isso nós vemos por aí quando se pregam os evangelhos das prosperidades, dos milagres urgentes, das bênçãos desmedidas, das campanhas, dos propósitos e de tudo mais, e quando falamos que Jesus jamais prometeu isso, eles se revoltam e nos chamam de hereges, nos expulsam, nos perseguem, nos ameaçam, e se não fugirmos, seremos mortos. Mas ficamos tranquilos, pois sabemos que nada mais é do que a Palavra se cumprindo, afinal, fomos avisados. Fico assustado quando me deparo com pessoas que se dizem crentes, evangélicas, mas vivem reclamando, dizendo que estão sofrendo, ou que dizem que cristãos não podem sofrer, que têm direito ao melhor. São pessoas somente religiosas, pois não conhecem Deus e Jesus Cristo, seu Filho, apesar de citarem o seu Nome constantemente (que é Santo para sempre Amém). Porém elas não sabem quem Ele é. Jesus veio pessoalmente em carne e nos ensinou tudo, depois foi ao encontro do Pai e recebeu Todo o Poder, e está sentado a sua direita. Mas Ele não nos abandonou, não nos deixou sós, ou entregues ao mundo, ao diabo ou a nós mesmos. Ele enviou o Consolador, o Defensor, o Advogado, enviou o Seu Espírito, o Espírito Santo, para nos guiar, nos mostrar tudo, e todos os que são sensíveis para ouvir a sua voz o seguirão e encontrarão descanso. Até a vinda de Jesus, Deus deixou a lei, que serviu de aio até Jesus vir. Depois que Ele veio e nos trouxe a Graça, nos ensinou toda a Verdade, nos mostrou o Caminho da Salvação, Ele voltou ao Pai e nos deixou, enviou o seu Espírito, que ficará conosco até a sua volta. O Espírito de Deus nos mostra como devemos agir, proceder, nos mostra o que devemos evitar, e todos os que são guiados pelo Espírito são filhos de Deus, os que não o ouvem são filhos do mundo, filhos do diabo. O Espírito nos fala, nos ensina, nos convence das coisas do Reino, pois Ele é o próprio Espírito de Deus, portanto, fala de Deus, nos mostra tudo Dele; quem tem o Espírito de Deus conhece Deus, pois não existe nada mais pessoal e íntimo do que o nosso espírito. O nosso espírito sabe tudo a nosso respeito, e assim é o Espírito de Deus que Ele compartilha conosco, Ele sabe e fala tudo do Senhor, basta querermos ouvir e nos submeter, e então seremos guiados para a Vida, a Salvação. “Um pouco, e não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis; porquanto vou para o Pai. Então alguns dos seus discípulos disseram uns aos outros: Que é isto que nos diz? Um pouco, e não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis; e: Porquanto vou para o Pai? Diziam, pois: Que quer dizer isto: Um pouco? Não sabemos o que diz. Conheceu, pois, Jesus que o queriam interrogar, e disse-lhes: Indagais entre vós acerca disto que disse: Um pouco, e não me vereis, e outra vez um pouco, e ver-me-eis? Na verdade, na verdade vos digo que vós chorareis e vos lamentareis, e o mundo se alegrará, e vós estareis tristes, mas a vossa tristeza se converterá em alegria.” (João 16:16-20).

 

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page