top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Devemos viver




“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa. a Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor. Como te roguei, quando partia para a Macedônia, que ficasse em Éfeso, para advertires a alguns que não ensinassem doutrina diversa, nem se preocupassem com fábulas ou genealogias intermináveis, pois que produzem antes discussões que edificação para com Deus, que se funda na fé.” (1 Timóteo 1:1-4)

O apóstolo Paulo sempre começa as suas cartas explicando quem ele é, sempre lembrando que ele é um apóstolo por ordem, a mando de Deus e de Jesus Cristo. Assim sabemos que ele não se fez apóstolo, ele está simplesmente em missão, está obedecendo a uma ordem do Senhor, mesmo porque nós sabemos que o Senhor Jesus apareceu para ele a caminho de Damasco e lhe mandou como apóstolo. Nessa missiva, Paulo, falando para o jovem pastor Timóteo, lembra que, quando ele partiu para a Macedônia, ele tinha feito sérias recomendações a Timóteo, que não deixasse de chamar a atenção de algumas pessoas, que ensinasse somente o Evangelho de Jesus Cristo, e não outras coisas, doutrinas próprias, não ficarem falando sobre genealogias bíblicas, e sim que todos ensinassem sobre Jesus. Assim como naquela época, hoje muitos pregadores querem ficar falando sobre quem é filho de quem, ou sobre quem foi vitorioso ou derrotado, porém temos que aproveitar todo o tempo para ensinar sobre o Evangelho. Temos sempre que estar falando sobre santidade, santificação, sobre salvação. Não podemos ficar falando de usos e costumes, ou doutrinas de homens, devemos falar somente de Jesus, porque não podemos proibir ou liberar qualquer coisa sem determinação do Senhor. Assim, a recomendação de Paulo é a mesma para nós hoje, não temos e não podemos ficar falando sobre qualquer coisa a não ser Jesus, não pregamos a Antiga lei, pregamos a Nova Aliança feita em seu Sangue.

“Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida; das quais coisas alguns se desviaram, e se entregaram a discursos vãos, querendo ser doutores da lei, embora não entendam nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam. Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usar legitimamente, reconhecendo que a lei não é feita para o justo, mas para os transgressores e insubordinados, os irreverentes e pecadores, os ímpios e profanos, para os parricidas, matricidas e homicidas, para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina, segundo o Evangelho da Glória do Deus bendito, que me foi confiado. (1 Timóteo 1:5-11). Também o apóstolo faz questão de lembrar que toda admoestação, toda exortação procede do amor, porque é exatamente por amor que se prega o Evangelho de Jesus Cristo, que se ensina a Verdade da Graça. Falamos e temos que falar da maneira correta como devemos ensinar, mas principalmente viver, porque a nossa salvação está em vivermos unidos em obediência a Cristo. Mas muitas pessoas, muitos pregadores, teólogos, conferencistas, e outros títulos, têm ensinado nas igrejas, nos templos de maneira diferente, fazendo com que muitos se desviem do Senhor e se transformem somente em religiosos e frequentadores de igrejas. Quando o Evangelho nos mostra como devemos viver, é porque todos nós somos pecadores desde o nosso nascimento, e precisamos aprender a viver de maneira diferente, temos que aprender com Jesus. Portanto, não adianta ficarmos falando em bênçãos, ou em vitórias, ou contando histórias, o que temos que fazer é apresentar Jesus e mostrar o que Ele espera de cada um de nós. “Dou graças àquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me julgou fiel, pondo-me no seu ministério, ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade; e a Graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.” (1 Timóteo 1:12-14).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page