top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Deus nos abandonou?




“Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo: Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma? Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal. Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da Graça. Mas se é por Graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a Graça já não é Graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais Graça; de outra maneira a obra já não é obra. Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos. Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje. E Davi diz: Torne-se-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, e em tropeço, por sua retribuição; escureçam-se lhes os olhos para não verem, E encurvem-se lhes continuamente as costas.” (Romanos 11:1-10)

         Será que por passarmos por lutas Deus nos abandonou? Será que por termos dificuldades de encontrar igrejas, templos, denominações sérias, comprometidas com o Evangelho de Jesus Cristo, Deus teria nos abandonado? Será que pelo fato de vermos tantos mentirosos, estelionatários dizendo-se pastores Deus tenha nos abandonado? Claro que não! É simplesmente a Palavra se cumprindo, pois o Senhor disse que aqui enfrentaríamos lutas e batalhas, e também disse que o amor de muitos se esfriaria, e que os anticristos surgiriam e operariam grandes sinais e que, se fosse possível, enganariam até os escolhidos. Portanto, sabemos que não fomos abandonados, nós estamos vivendo simplesmente o cumprimento da Palavra de Deus, e chegará a um ponto em que não encontraremos mais templos sérios e comprometidos com o Senhor Jesus, e sim os falsos crentes, os religiosos, os enganadores e enganados, que vivem dizendo que amam o Senhor, mas tudo o que fazem é contrário ao Evangelho de Jesus Cristo. Mas, por mais que achemos que estamos sós, creiam, não estamos, pois com certeza pelo mundo afora há muitos filhos legítimos do Senhor, que, também como nós, procuram viver a Palavra de Deus. Assim como o profeta Elias achou que estava sozinho, que era somente ele profeta do Senhor, Deus respondeu-lhe dizendo que ainda havia mais de sete mil que não tinham se vendido, se desviado, que continuavam firmes, apesar das perseguições.

         “Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação. E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude! Porque convosco falo, gentios, que, enquanto for apóstolo dos gentios, exalto o meu ministério; para ver se de alguma maneira posso incitar à emulação os da minha carne e salvar alguns deles. Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos? E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são. E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme. Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. “(Romanos 11:11-21). Quando nos deparamos com os religiosos, os falsos crentes, os gospels, os evangélicos barganhadores, não entendemos o porquê de eles agirem assim dessa maneira, uma vez que eles também têm a mesma Bíblia que nós, que é a Palavra de Deus. E por que a entendem de maneira diferente? É simplesmente porque são pessoas que estão comprometidas com o mundo, buscando sempre desfrutar do melhor aqui, querendo sempre a plena felicidade aqui, portanto, os enganadores, os servos do diabo as conduzem e oferecem o que elas desejam. Devemos ficar em alerta, pois a Palavra de Deus nos avisa para cuidarmos, para não cairmos, pois podemos achar que somos mais fortes e inteligentes e que jamais vamos nos desviar e errar, mas, por sermos humanos, podemos cair também. Temos que aprender a viver pela fé, a sermos dependentes do Senhor Jesus, aprender a viver somente com o que Ele determina e ignorar as nossas vontades e desejos, pois Ele tem o melhor para nós. “Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado. E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar a enxertar. Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!” (Romanos 11:22-24).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino



 

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page