top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Cumprir a lei



“Quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos. E, se alguém vos disser alguma coisa, respondei: O Senhor precisa deles; e logo os enviará. Ora, isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Dizei à filha de Sião: Eis que aí te vem o teu Rei, manso e montado em um jumento, em um jumentinho, cria de animal de carga. Indo, pois, os discípulos e fazendo como Jesus lhes ordenara, trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram os seus mantos, e Jesus montou.” (Mateus 21:1-7)

Jesus veio e cumpriu integralmente a lei e os profetas. Vemos aqui neste relato que Ele tudo fez para cumprir exatamente o que o profeta tinha dito. Mas o que devemos observar, e que na maioria das vezes passa desapercebido pelas pessoas, é o milagre que aconteceu ao Ele montar em um animal novo e que não tinha sido domesticado ainda. Jesus manda os seus discípulos irem à aldeia e apanharem um jumentinho que está com a sua mãe e trazê-lo para Ele, e se alguém questionasse, era para dizer simplesmente que o Senhor precisava dele, e assim foi e aconteceu exatamente como Ele tinha dito. Mas o que quero lembrar é que o jumento é um animal naturalmente arredio, bravio, e é praticamente impossível alguém montar e andar tranquilamente em um sem antes domesticá-lo, amansá-lo. Mas o jumentinho, que deveria estar nervoso por estar longe da mãe, chegou mansinho e dócil, e sobre ele colocaram panos, e Jesus o montou com todo o povo fazendo algazarra, gritando, apanhando galhos, ramos e jogando em sua frente e gritando, e mesmo assim o animal continuou dócil conduzindo Jesus, adentrando Jerusalém. Esse foi um milagre, e as pessoas, apesar de estarem gritando, louvando, não sabiam, não tinham conhecimento de que estavam simplesmente fazendo aquilo que o Senhor disse que fariam. Elas naquele momento estavam exaltando Jesus, querendo-o como rei físico de Israel, mas não sabiam que Ele era o Rei dos Reis e que a Palavra estava simplesmente se cumprindo.

“E a maior parte da multidão estendeu os seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de Davi! bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Ao entrar Ele em Jerusalém, agitou-se a cidade toda e perguntava: Quem é este? E as multidões respondiam: Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia. Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a fazeis covil de salteadores. E chegaram-se a Ele no templo cegos e coxos, e Ele os curou.” (Mateus 21:8-14). As pessoas, na ignorância, olhando somente para o que era visível, elas buscavam um rei que pudesse lutar as suas guerras, elas queriam alguém que pudesse libertar Israel, que vivia sob domínio de Roma. Imaginavam que Ele seria somente um rei como Davi e outros, mas não atentaram que Ele era muito maior do isso, que as guerras que Jesus travou foram para nos libertar do pecado e não de domínios humanos. Veja que, após entrar em Jerusalém e se dirigir ao templo, o que Ele faz é limpar o templo que estava imundo pela sujeira do comércio, uma vez que os sacerdotes tinham transformado o pátio exterior em um ponto de comércio. Jesus limpou o templo e agiu com rigor. Ele expulsou todos do templo com um chicote, pois na casa do Senhor não se pode vender ou comprar nada. Isso serve para nos lembrar que nós somos os templos do Senhor, será que estamos limpos, ou o que há dentro de nós é comércio também? Será que aquilo que as denominações fazem hoje será perdoado, ao venderem de tudo? Por isto sempre exorto as pessoas para lerem e meditarem na Bíblia. “Vendo, porém, os principais sacerdotes e os escribas as maravilhas que ele fizera, e os meninos que clamavam no templo: Hosana ao Filho de Davi, indignaram-se e perguntaram-lhe: Ouves o que estes estão dizendo? Respondeu-lhes Jesus: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e de criancinhas de peito tiraste perfeito louvor?” (Mateus 21:15-16).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page