top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Confirmadas na fé



“Assim as igrejas eram confirmadas na fé, e dia a dia cresciam em número. Atravessaram a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a Palavra na Ásia; e tendo chegado diante da Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não lho permitiu. Então, passando pela Mísia, desceram a Trôade. De noite apareceu a Paulo esta visão: estava ali em pé um homem da Macedônia, que lhe rogava: Passa à Macedônia e ajuda-nos. E quando ele teve esta visão, procurávamos logo partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciarmos o Evangelho. Navegando, pois, de Trôade, fomos em direitura a Samotrácia, e no dia seguinte a Neápolis; e dali para Filipos, que é a primeira cidade desse distrito da Macedônia, e colônia romana; e estivemos alguns dias nessa cidade.” (Atos 16:5-12)

 

              As pessoas religiosas pensam que é só tomar uma decisão, fazer um planejamento, orar e tocar em frente que Deus tem que abençoar. Acham que desde que não estejam fazendo nada declaradamente errado, Deus tem que abençoar, apoiar. Pensam que, se estiverem fazendo algo que aos seus olhos pareça bom, certo, Deus tem que apoiar, e elas enfrentam lutas de todas as maneiras e muitas vezes os seus projetos não vão à frente e elas não entendem, acham que o diabo estava atrapalhando. Mas o que elas não fazem é analisar à luz do Evangelho se é a vontade do Senhor, elas não consultam o Senhor, pois muitas vezes quem nos impede de fazer alguma coisa é o Senhor, mesmo que seja algo que pareça maravilhoso aos nossos olhos, mas não podemos esquecer que o Senhor vê além, Ele sabe tudo, e por isso nos impede de fazer o que não devemos. O apóstolo Paulo foi impedido de pregar o Evangelho na Ásia naquele momento, porque o Senhor tinha algo maior, mais grandioso para Ele. Veja que a nossa missão é pregar o Evangelho a todas as criaturas, mas o Senhor impediu Paulo de entrar em algumas cidades, de pregar a Palavra naquele momento, mas no momento certo o enviou para pregar lá, e deu muitos frutos.

         “No sábado saímos portas afora para a beira do rio, onde julgávamos haver um lugar de oração e, sentados, falávamos às mulheres ali reunidas.

E certa mulher chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que temia a Deus, nos escutava e o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia. Depois que foi batizada, ela e a sua casa, rogou-nos, dizendo: Se haveis julgado que eu sou fiel ao Senhor, entrai em minha casa, e ficai ali. E nos constrangeu a isso.” (Atos 16:13-15). As pessoas confundem a visão delas com a do Senhor, porque ouvimos muito elas dizerem que Deus as está chamando a pregar para a multidão, está enviando-as para pregar para as multidões, o que não é verdade. Muitas vezes Ele não permite que falemos com várias pessoas, e nos manda pregar para uma somente. Veja que Paulo não encontrou uma cidade receptiva ao Evangelho, não encontrou várias pessoas sedentas de ouvir a Palavra de Deus, mas encontrou uma mulher que juntamente com a sua família ouviu, entendeu, compreendeu e aceitou a Verdade, e se converteram e foram batizadas em Nome do Senhor Jesus Cristo. Além disso essa família  hospedou Paulo e Silas, vejamos o cuidado do Senhor. Também veremos mais à frente que Paulo irá no Nome do Senhor libertar uma jovem possessa de demônios de adivinhações, e por isto era escravizada pelos seus senhores, que a usavam para ganhar dinheiro.  Por esse motivo Paulo e Silas foram presos, e essa prisão serviu para Deus mostrar o seu Poder, e assim o carcereiro e os seus familiares ouviram e aceitaram o Evangelho, se converteram e, logo em seguida, pediram para serem batizados em Nome de Jesus. É assim que o Senhor faz, porque, como Deus disse, Ele não vê da mesma maneira que o homem, o ser humano vê, assim temos que aprender a nos submeter a sua vontade, e não querer que Ele faça a nossa vontade. Não podemos achar que estarmos passando por lutas, aflições ou sofrimentos é ação do diabo. Temos que aprender como obedecer ao Senhor. “Ora, aconteceu que quando íamos ao lugar de oração, nos veio ao encontro uma jovem que tinha um espírito adivinhador, e que, adivinhando, dava grande lucro a seus senhores. Ela, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: São servos do Deus Altíssimo estes homens que vos anunciam um caminho de salvação. E fazia isto por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou- se e disse ao espírito: Eu te ordeno em nome de Jesus Cristo que saias dela. E na mesma hora saiu. Ora, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro havia desaparecido, prenderam a Paulo e Silas, e os arrastaram para uma praça à presença dos magistrados.” (Atos 16:16-19).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page