top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Chegar até Jesus




“E eis que uma mulher Cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada. Mas Ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé Dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E Ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me! Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.” (Mateus 15:22-28)

       Muitas vezes julgamos as pessoas por não fazerem parte da mesma religião que nós, achamos que elas não amam, não respeitam o Senhor e que não têm fé nele. Observem que essa mulher não era judia, não era israelita, mas ela tinha uma fé enorme, muito maior do que os israelitas, os judeus, e até mesmo maior do que os discípulos de Jesus, pois ela sabia onde estava a solução do problema, e batalhou até conseguir resolvê-lo. Ela saiu da terra dela e foi procurar Jesus, pois sabia que somente Ele poderia libertar a sua filha que estava endemoniada, e não deixou nada a atrapalhar, impedi-la de chegar até Jesus. Os discípulos de Jesus bem que tentaram afastá-la, e, não conseguindo, pediram ao próprio Senhor Jesus que a afastasse, mas nem isso a impediu de chegar até Ele e o adorar. Nós falamos que cremos no Senhor, mas, quando nos deparamos com problemas, nós não mostramos essa fé que falamos que temos, pois nos desesperamos e vamos em busca de solução em qualquer parte, procuramos resolver os problemas de todas as formas por nós mesmos, não confiamos, não cremos no Senhor. Se assim fosse, a nossa luta seria a de tão somente buscar o Senhor para adorá-lo, e crer quando Ele disser “vá em paz”, e aconteça segundo a nossa fé. Nós, na verdade, citamos o seu Nome (que é Santo para sempre Amém), mas adoramos os problemas, pois falamos mais do que nos incomoda do que ao Senhor. Temos que aprender com essa mulher Cananeia a abandonar o problema e ir buscar a solução que se chama Jesus.

         Temos que saber que Jesus continua o mesmo, com o mesmo Poder, continua curando, libertando e transformando as pessoas, e multidões de pessoas que têm fé, que buscam Ele são diariamente curadas e libertas, enquanto muitos dos que dizem crer nele continuam perecendo, porque Jesus continua dizendo para irem em paz e tudo ser feito de acordo com a fé deles, mas, como não têm fé, não recebem a cura nem a libertação. As pessoas continuam crendo nos seus problemas, somente naquilo que está aparecendo, continuam olhando para a situação, persistem em olhar para as circunstâncias, e por isto nunca conseguem nada com o Senhor, porque Ele já deu a Palavra, disse: “que seja feito segundo a nossa fé”. “Partindo Jesus dali, chegou ao pé do mar da Galiléia, e, subindo a um monte, assentou-se lá. E veio ter com Ele grandes multidões, que traziam coxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos, e os puseram aos pés de Jesus, e Ele os sarou, De tal sorte, que a multidão se maravilhou vendo os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver; e glorificava o Deus de Israel. (Mateus 15:29-31).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page