• Pr. Henrique Lino da Silva

Cadeira de Moisés

“Então falou Jesus à multidão, e aos seus discípulos, dizendo: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.” (Mateus 23:1-2)

As pessoas têm o hábito de falar que são filhas de Deus, apesar de estarem vivendo em pleno pecado, de sequer o conhecerem, porque, se o conhecessem, não viveriam como vivem. Também os judeus tinham o hábito de falar que eram filhos de Abraão, uma referência ao pai da fé, porque com essa afirmação estavam dizendo que eram filhos de Deus. Mas Jesus então disse ao povo, às multidões que o seguiam – e ainda o seguem, portanto, Ele continua falando a mesma coisa, nada mudou – que na cadeira de Moisés, ou seja, na lei de Moisés estão os que se dizem praticantes da lei, os que se dizem cumpridores da lei de Deus, mas somente falam e não cumprem, são os religiosos, os que procuram viver no Senhor através de sacrifícios, de rituais, de campanhas e outras coisas. Temos conhecimento de que muitos dos que se dizem homens e mulheres de Deus nada mais são do que meros religiosos, são hipócritas, pois muitos falam, mas não fazem. “Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem.” (Mateus 23:3). Muitos falam muitas coisas até mesmo aproveitáveis, mas não as vivem, por isto devemos entender que muitos estão falando a verdade, estão falando da Palavra de Deus, só que eles não as vivem, portanto, há necessidade de estarmos sempre meditando na Palavra de Deus, estarmos sempre com as nossas Bíblias nas mãos, porque assim podemos saber o que é certo e errado. Temos que simplesmente viver a Palavra de Deus, e pode ser até um religioso que esteja falando, mas, se for a verdade, devemos praticá-la, mesmo sabendo que aquele religioso que está falando não a vive. Não podemos pautar as nossas vidas pelas vidas de outras pessoas, mas sim pela do nosso Mestre Jesus Cristo, por isto ficamos sempre no Evangelho. Vemos muitos pregadores famosos que falam muito bem da Palavra de Deus, mas, quando examinamos a vida deles, vemos que eles não a vivem e não têm o menor respeito e temor pela Palavra de Deus, pois falam uma coisa e fazem outra, por esse motivo Jesus alerta as pessoas a não imitarem a conduta desses pregadores, pois são simplesmente hipócritas. Muitos falam contra a desonestidade, mas eles mesmos praticam a desonestidade nos templos, eles mesmos estão extorquindo as pessoas e querem fazer entender que o caso é diferente. “Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com seu dedo querem movê-los.” (Mateus 23:4). Vemos supostos pastores, líderes de denominações ensinarem e exigirem que os fiéis vivam de uma maneira enquanto eles mesmos não vivem, porque fazem o contrário. Na verdade, colocam um fardo muito pesado sobre as pessoas. Exemplo são as denominações que exigem que as mulheres usem somente saias e vestidos, mas sabemos que essa é uma doutrina deles, pois não encontramos nada no Evangelho a esse respeito, mesmo porque naquela época as pessoas não vestiam calças como as conhecemos hoje. Esquecem que muitas dessas mulheres trabalham, e em seus trabalhos é impossível estarem de saias ou vestidos, e também as proíbem de usar joias ou um simples brinco, proíbem de cortarem o cabelo, não permitem que elas usem maquiagem e outras coisas. Em seus templos fazem questão de separar as famílias, pois os homens não podem ficar junto das mulheres, apesar de que no altar ficam cadeiras onde a mulher do pastor, que se identifica como pastora, está sentada e fica ao lado do marido. Fazem várias exigências, mas eles mesmos não as praticam, querem ser doutrinadores, mas jamais praticantes. “E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes, e amam os primeiros lugares nas ceias e as primeiras cadeiras nas sinagogas, E as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens; Rabi, Rabi.” (Mateus 23:5-7). Gostam de ser reconhecidos na rua e em toda parte como homens de Deus, geralmente até impostam a voz na hora em que são saudados, cumprimentados, fazem questão de a todos saudarem com a paz do Senhor, e ou paz e graça, mas não vivem essa paz do Senhor, e não conhecem a Graça de Deus, pois, caso contrário, não imporiam peso, fardo, jugo pesado às pessoas. Nos templos sempre que não estão pregando ou cantando estão sentados em cadeiras no altar de frente para o povo para que todos os vejam, e gostam de serem chamados de mestres, muitos deles não têm condições sequer de ser um simples obreiro da casa de Deus. O Evangelho é simples, e devemos viver com simplicidade, sabendo que nós, os que fomos chamados para viver, para ensinar o Evangelho, não somos diferentes, somos iguais a qualquer outra pessoa, só com mais responsabilidade, pois iremos prestar contas de todas as pessoas a quem ensinamos. Insisto, temos que meditar no Novo Testamento, ouvir o que Jesus nos fala e colocar em prática. “Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos. E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.”(Mateus 23:8-9). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram