top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Bom é Deus



“Ora, ao sair para se pôr a caminho, correu para Ele um homem, o qual se ajoelhou diante Dele e lhe perguntou: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; a ninguém defraudarás; honra a teu pai e a tua mãe. Ele, porém, lhe replicou: Mestre, tudo isso tenho guardado desde a minha juventude. E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Uma coisa te falta; vai vende tudo quanto tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitos bens. Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no Reino de Deus os que têm riquezas!” (Marcos 10:17-23)

Muitas vezes nos referimos a algumas pessoas como boas, mas devemos analisar o que Jesus disse a esse jovem homem; porque Jesus chamou-nos a atenção para esse ato ao afirmar que Bom só existe um, que é Deus, porque não existe ninguém no mundo que seja tão bom para dar a vida do seu único filho para morrer por um bando de pecadores ingratos. Não existem pessoas que queiram resgatar, salvar quem não quer ser salvo e resgatado, mas Deus fez isso enviando o seu Filho único para morrer, sofrer em nosso lugar, sendo que a maioria de nós não quer a salvação, prefere os prazeres do mundo, atender às vontades da carne; e ainda escarnece deste que sofreu em nosso lugar. A Bondade tem nome, é Deus, o Amor tem nome, é Deus, por isto devemos sempre nos submeter a Ele se quisermos desfrutar da Bondade e do Amor; assim, se quisermos ser salvos, temos que guardar a sua Palavra, viver o Evangelho de Jesus Cristo, caso contrário não estamos reconhecendo a sua Bondade, porque jamais poderemos permitir que alguma coisa ocupe o primeiro lugar em nossas vidas, esse lugar é do Senhor para todo o sempre.

“E os discípulos se maravilharam destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é [para os que confiam nas riquezas] entrar no Reino de Deus! É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no Reino de Deus. Com isso eles ficaram sobremaneira maravilhados, dizendo entre si: Quem pode, então, ser salvo? Jesus, fixando os olhos neles, respondeu: Para os homens é impossível, mas não para Deus; porque para Deus tudo é possível. Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós deixamos tudo e te seguimos. Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do Evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no mundo vindouro a vida eterna.” (Marcos 10:24-30). Apesar de o jovem homem procurar fazer as coisas certas, existia algo que ele amava mais do que o Senhor, pois, como era rico, amava mais o dinheiro do que o Senhor, e Jesus, sabendo disso, mandou que se desfizesse desse empecilho, das suas riquezas, mandou doar tudo aos pobres, mas ele não quis abrir mão dos seus bens, preferiu perder a salvação. Mas, antes de pensarmos em criticá-lo, vamos nos analisar, vamos fazer um autoexame, se o Senhor nos mandasse vender tudo o que tivéssemos e ficarmos somente com a roupa do corpo, será que iríamos lhe obedecer? Ou iríamos alegar que não foi o Senhor quem disse? Temos que analisar quem é a prioridade em nossas vidas, se é o Senhor, ou a nossa casa, nosso carro, nosso emprego, ou qualquer outra coisa. Porque, a bem da verdade, a maioria gosta de pertencer a uma religião em que elas são o centro, querem ser abençoadas, querem ter as coisas e entendem que o Senhor as quer ricas e felizes. Mas não é esse o Evangelho de Jesus Cristo, se a nossa vida é como o Senhor, então devemos peregrinar em direção a Ele, devemos buscar em primeiro lugar o Reino de Deus sabendo que as demais coisas serão acrescentadas por Ele. Vemos que Jesus faz comparação mostrando a impossibilidade de as pessoas ricas serem salvas, mas isto é algo que a maioria não quer compreender e nem aceitar, prova tal que a maioria dos que se identificam como pastores querem riquezas, e tudo fazem para isto, inclusive usar o Nome do Senhor de maneira indevida. O apóstolo Paulo nos ensina que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. “Mas muitos que são primeiros serão últimos; e muitos que são últimos serão primeiros. Ora, estavam a caminho, subindo para Jerusalém; e Jesus ia adiante deles, e eles se maravilhavam e o seguiam atemorizados. De novo tomou consigo os doze e começou a contar-lhes as coisas que lhe haviam de sobrevir, dizendo: Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas; e eles o condenarão à morte, e o entregarão aos gentios; e hão de escarnecê-lo e cuspir Nele, e açoitá-lo, e matá-lo; e depois de três dias ressurgirá. Nisso aproximaram-se Dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo-lhe: Mestre, queremos que nos faças o que te pedirmos.” (Marcos 10:31-35).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Deus os abençoe.

Um abraço.

Pr. Henrique Lino


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Imitadores

Bình luận


bottom of page