top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Bebês na fé



“E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo. Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podeis suportar; nem ainda agora podeis; porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; não sois apenas homens? Pois, que é Apolo, e que é Paulo, senão ministros pelos quais crestes, e isso conforme o que o Senhor concedeu a cada um? Eu plantei; Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.” (1 Coríntios 3:1-6)

 

                  Muitas vezes não podemos falar claramente de assuntos espirituais mais complexos, porque as pessoas não entendem, não compreendem, são carnais ainda, são bebês na fé, estão engatinhando. Apesar de estarem há anos frequentando congregações, denominações, elas nada aprenderam, isto porque não leem a Bíblia, não meditam na Palavra de Deus, simplesmente aceitam o que os pregadores falam sem verificar se é verdade ou não. Infelizmente, as pessoas não se identificam – como os discípulos, os apóstolos de Cristo se identificavam – como sendo servos, seguidores de Cristo, servos do Deus Vivo. Hoje elas fazem questão de citar nomes de denominações, falam que são da assembleia, da batista, presbiteriana, enfim, de qualquer congregação, e gostam de citar as doutrinas de homens. Devemos atentar para o Evangelho e saber que a congregação em que congregamos nada é senão um local onde nos reunimos e temos comunhão com os irmãos de fé, mas não somos servos de denominação nenhuma, não somos servos de doutrina ou de pregador algum, temos que ser servos de Cristo, pois somente Ele pode nos salvar. Devemos crescer na fé, devemos aprender a viver em Deus e não em uma congregação, saber que temos que seguir e praticar o Evangelho, Jesus e não nenhuma outra pessoa, doutrina ou preceito humano. As pessoas que se identificam como sendo desta ou daquela denominação ainda não são convertidas, não sabem realmente quem é Cristo, e, se não mudarem a forma de pensar e agir rapidamente, perderão a salvação. É preciso sermos adultos na fé.

         “De modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. Ora, uma só coisa é o que planta e o que rega; e cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. Segundo a Graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão.” (1 Coríntios 3:7-14). Não importa a denominação, ou o pastor que no dia em que aceitamos Jesus orou por nós, ou quem nos batizou, o que importa é se tudo foi feito em Nome de Jesus, pois, se foi tudo foi feito por Ele, nós somos somente instrumentos, ferramentas do Senhor. Portanto, não podemos ficar presos a ninguém ou a alguma denominação, e sim a Cristo, pois, quando nos submetemos ao batismo, foi em Nome de Jesus, portanto, renascemos Nele, e não em ser humano ou denominação alguma. Então, quando estamos exaltando, glorificando denominações, nomes de igrejas, estamos traindo Cristo, estamos em desobediência; temos que aprender a nos identificar como cidadãos e cidadãs do Reino. É preciso sermos adultos na fé, é necessário conhecermos Aquele a quem falamos que amamos, e a única maneira de conhecê-lo é lendo, meditando em sua Palavra, no Evangelho, porque, quando oramos, estamos falando com Ele, mas, para conhecê-lo, é necessário ler, meditar, e não ficar somente ouvindo as pessoas, pois nem todos têm a compreensão exata de quem é o Senhor. É necessário confirmar, aprender por nós mesmos, pois são muitos os que estão em desobediências sem saber; muitos estão perdidos e em rebeldias dentro de templos, por isto a necessidade de se converterem a Cristo urgentemente, para que realmente sejam salvos. “Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo, todavia como que pelo fogo. Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós. Ninguém se engane a si mesmo; se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para se tornar sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia; e outra vez: O Senhor conhece as cogitações dos sábios, que são vãs.” (1 Coríntios 3:15-20).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page