• Pr. Henrique Lino da Silva

As bodas

“E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus. E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas.” (João 2:1-2)

Aconteceu uma festa, bodas, na cidade de Caná da Galileia, e cremos que eram parentes de Maria e José, e por tal motivo Jesus foi convidado, juntamente com os seus discípulos. Devemos observar que Jesus era uma pessoa sociável, pois, no decorrer da sua vida, sabemos de várias vezes Ele indo à casa das pessoas para cear, ou para uma visita simplesmente. Jesus, apesar de ser Deus, estava revestido de carne e agia naturalmente como um ser humano, portanto, Ele se relacionava com as pessoas normalmente. Muitos creem ou querem crer que Jesus durante todo o tempo estava somente pregando e operando milagres, mas devemos compreender que Ele estava como um ser humano normal, assim tinha as necessidades normais: alimentava-se, tinha fome, sede, fazia as necessidades fisiológicas, tinha contato com as pessoas normalmente, e tinha amigos. Como vimos, Ele tinha amizade com Marta, Maria e seu irmão Lázaro, a quem ressuscitou. Também Jesus disse aos seus discípulos certa feita que não os chamaria mais de servos, mas de amigos, e vemos isso no decorrer dos seus três anos aproximadamente de Ministério. “E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho. Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.” (João 2:3-4). No decorrer da festa, o vinho acaba, e aquilo era uma tragédia para aquela época e cultura, pois em plena festa deixar faltar vinho era motivo de comentários maldosos. Não sabemos o que levou ao fato de acabar o vinho, quem sabe compareceram pessoas mais do que o esperado, ou o vinho que guardaram não foi suficiente, ou não tiveram condições de adquirir vinho o suficiente, mas o fato é que eles se depararam com um problema e seriam envergonhados por aquele motivo. É claro a festa iria acabar, porque a bebida tinha acabado. Maria vai até Jesus e lhe comunica esse fato, e vemos a resposta de Jesus. Temos que analisar duas coisas: primeiramente, Maria estava preocupada com as coisas materiais, com o social, e por isto vai buscar socorro em Jesus, porque ela, mais do que ninguém, sabia quem era Jesus, afinal, ela sabia como Ele fora gerado. Ela sabe e lembra o que o anjo do Senhor falou com ela antes de ela engravidar, e aconteceu tudo como o anjo tinha relatado. Mas Jesus mostra um certo distanciamento ao responder-lhe, pois mulher ou senhora era somente um termo respeitoso, e disse que ainda não tinha chegado a hora de Ele se revelar ao mundo. “Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser. E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam dois ou três almudes.” (João 2:5-6). Jesus fez questão de tratar a sua mãe com respeito, mas com um certo distanciamento, mostrando que a sua preocupação não era com as coisas perecíveis deste mundo e, ao mesmo tempo, falou do futuro, mostrando a ela que no tempo certo, não no tempo dela, Ele se manifestaria ao mundo. Maria entendeu, compreendeu e acatou, somente disse aos empregados, aos servos da casa que o que Jesus mandasse fazer era para eles obedecerem, porque ela tinha esperanças de que Ele poderia ajudar a resolver aquela questão. Os judeus sempre tinham vasilhas com água para as pessoas lavarem as mãos quando chegassem, antes de se sentarem para se alimentar, ou qualquer outra coisa. Assim tiravam água daqueles tonéis e lavavam as mãos, e muitas vezes os pés também. Essas peças ou potes de pedra tinham a capacidade de armazenar entre oitenta e cento e vinte litros, ou seja, havia aproximadamente seiscentos litros de água nas seis vasilhas. “Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. E disse-lhes: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E levaram.” (João 2:7-8). Jesus então manda os serventes encherem as vasilhas, aqueles potes de pedras, até em cima. Depois, quando vê que estavam todos cheios, Ele lhes manda tirar aquela água que eles tinham acabado de colocar nos potes e levar ao mestre da cerimônias. Vemos que Jesus não fez alarde nem nada, simplesmente, de maneira natural, mandou-lhes encher os potes de pedra de água e depois levar ao mestre da cerimônias. E os servos, serventes, assim fizeram, pois tinham sido orientados a obedecer-lhe. Nem mesmo os empregados perceberam alguma mudança e quando aconteceu e como foi, mas tiveram uma surpresa. “E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo, e disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.”(João 2:9-10). Assim que o mestre-sala, ou mestre de cerimônias, prova, experimenta da água que agora é vinho, e um vinho muito superior, fica abismado, e chama o noivo e diz-lhe que ele tinha agido de maneira diferente, pois tinha colocado para servir o vinho inferior e deixado o melhor para depois. Nem o mestre-sala nem o noivo, ou esposo, sabiam de onde tinha surgido aquele vinho especial, mas os empregados sabiam. Jesus começou o seu Ministério transformando água em vinho, mostrando que é Ele quem transforma tudo, nos transforma. “Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram Nele.” (João 2:11). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram