• Pr. Henrique Lino da Silva

Aos Santos

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus: A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!” (Efésios 1:1-2)

O apóstolo Paulo inicia esta carta identificando-se, dizendo quem é. Vemos que a primeira coisa que ele cita é o seu nome, para logo em seguida dizer o que está fazendo. Afirma que é um apóstolo de Jesus Cristo, ou seja, é um enviado, um pregador de Jesus Cristo, pela vontade de Deus. Paulo não fala que é um pregador desta ou daquela igreja, ou de uma denominação qualquer, ele fala que é um pregador de Jesus Cristo, portanto, só fala e ensina sobre Cristo. Ele faz isso e tem essa oportunidade, esse privilégio pela vontade de Deus, que o escolheu, o chamou, o nomeou e o enviou para que desse fruto e que os seus frutos permanecessem. Paulo foi obediente, portanto, pregava em toda a parte. Foi o pregador, o apóstolo que mais viagens missionárias fez, que mais igrejas abriu e que mais escreveu também. Logo em seguida, o apóstolo cumprimenta os irmãos, a igreja em Éfesos, com o cumprimento cristão, como Jesus determinou que se cumprimentasse, em Nome de Jesus Cristo e de Deus Pai. Todos nós temos muito que aprender com Paulo, e sempre que nos dirigirmos aos irmãos, cumprimentá-los assim. Dessa maneira estaremos sempre atendendo ao nosso chamado e ensinando o Evangelho de Jesus Cristo em todo o tempo e lugar. “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares Celestiais em Cristo; Como também nos elegeu Nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante Dele em amor.” (Efésios 1:3-4). Paulo começa agora a dizer que todos nós já fomos abençoados com toda sorte de bênçãos em Cristo Jesus, porque Deus Pai já nos abençoou Nele com todas as bênçãos espirituais em Jesus. Por isso sabemos que cada um de nós, todos nós já fomos, já recebemos as nossas bênçãos em Cristo Jesus, e se ainda não estamos vendo essas bênçãos se materializarem, não é culpa do Senhor, mas nossa, porque em Jesus todos nós somos abençoados, em Jesus todos nós temos vida e salvação, mas isso não quer dizer que todos serão salvos, pois, para que possamos tomar posse das nossas bênçãos, é necessário nos unirmos a Ele, e essa união só se dá pela obediência a Ele. “E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, Para louvor da Glória de sua Graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado.” (Efésios 1:5-6). Nós fomos escolhidos, separados para recebermos as bênçãos que Deus Pai já nos deu em Cristo, mas também já nos separou para que andemos de acordo com a sua vontade, para que sejamos santos, ou seja, para vivermos em santidade, e não no pecado, para sermos irrepreensíveis, não se achar nada em nós que possa ser condenado, não darmos motivos para sermos repreendidos. O Senhor nos separou para sermos filhos Dele, assim teremos todas as bênçãos, os privilégios de filhos, mas também Ele exige que tenhamos comportamento de filhos. Não podemos querer direitos sem cumprir com os nossos deveres, devemos compreender que, para sermos filhos, sermos abençoados, temos que viver segundo a vontade do Pai, porque, apesar de não sermos filhos legítimos, Deus Pai já nos predestinou, escolheu, separou, determinou que sejamos filhos adotivos, e quer tão somente que aceitemos, e está inclusa na aceitação a nossa santidade, pois, para nos aproximarmos Dele, é necessário que sejamos santos, pois Ele é Santo. O Senhor fez assim de acordo com a sua vontade, para que pudéssemos ser filhos, adoradores, testemunhas vivas de seu Poder, e principalmente do seu Amor, mas, como escolhemos o pecado, sofremos e não recebemos os cuidados de filhos. Mas sempre é tempo de acordarmos, de abrirmos os olhos e irmos para Ele, abandonarmos os pecados, abandonarmos o mundo e passarmos a viver como Ele deseja, ou seja, em santidade. “Em quem temos a redenção pelo seu Sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua Graça, Que Ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência.” (Efésios 1:7-8). Deus nos deu a vitória, a salvação, a condição de sermos remidos em Jesus Cristo, porque antes estávamos perdidos no pecado e não havia nada que pudéssemos fazer que nos livrasse desse fardo. Mas Ele, no seu imenso amor, enviou seu Filho amado para que sofresse em nosso lugar, para que morresse em nosso lugar, para que pudéssemos obter vida Nele. E assim fomos abençoados em Cristo Jesus, mas também temos a obrigação de viver segundo a sua vontade, e não mais voltarmos ao pecado, porque, se insistirmos em pecar, a morte continuará reinando em nós, pois hoje Jesus tem a chave da morte e do inferno e Ele envia para lá todos os que se recusam a viver em obediência a sua Palavra. Todos os que recusam as suas bênçãos são enviados por Ele para o inferno. “Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra.”(Efésios 1:9-10). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram