top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Alegria



“Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam dadas. Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, lembrando-nos sem cessar da vossa obra de fé, do vosso trabalho de amor e da vossa firmeza de esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai, conhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição; porque o nosso Evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo e em plena convicção, como bem sabeis quais fomos entre vós por amor de vós.” (1 Tessalonicenses 1:1-5)

Essa carta à igreja de Tessalônica é escrita por três mãos, ao contrário da maioria das cartas em que o apóstolo Paulo escreve só. Nessa observamos que foi o apóstolo, além de Silvano e Timóteo, sendo que do segundo pouco iremos falar. Nessa carta eles estão elogiando os irmãos, o comportamento deles, pois têm demonstrado que vivem realmente pela fé, têm dado um bom testemunho, têm vivido como homens e mulheres de Deus. Muitos nos alegramos quando ficamos sabendo do comportamento dos irmãos, ficamos sabendo ou vendo pessoas para as quais um dia pregamos, falamos de Jesus, apresentamos o Evangelho verdadeiro, e elas o aceitaram e o colocaram em prática. Isso para nós é motivo de júbilo. Não buscamos nada para nós mesmos, o que queremos e desejamos é cumprir com a nossa missão, que é pregar, ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, e quando vemos que aceitaram, creram e estão vivendo nele, que também são exemplos e estão em missão pregando o Evangelho verdadeiro, nos alegramos muito. Porém ficamos tristes, chateados quando também ficamos sabendo sobre pessoas que ouviram o Evangelho, mas o abandonaram e foram para outros evangelhos que não o de Jesus Cristo, porque o comportamento delas faz com que outras pessoas, as mais fracas na fé, também se desviem, indo para o caminho da morte. E muitos são os que, por serem carnais, acabam se desviando e buscando algum evangelho, uma religião que ofereça facilidades e compensações materiais.

“E vós vos tornastes imitadores nossos e do Senhor, tendo recebido a Palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo. De sorte que vos tornastes modelo para todos os crentes na Macedônia e na Acaia.” (1 Tessalonicenses 1:6-7). Paulo juntamente com Silvano e Timóteo sentiam-se confiantes e felizes pelo fato de os irmãos procurarem os imitar, pois, consequentemente, estavam imitando o Senhor. Muitos me impressionam com o fato de os apóstolos, especialmente Paulo, terem a tranquilidade de pedir que os irmãos o imitem, porque ele sabe que é imitante de Deus. Que maravilhas podermos abrir as nossas bocas e afirmar que somos imitadores de Deus, mas sendo verdadeiros, porque temos que nos examinar primeiro antes de fazer tal afirmação. Termos a certeza, a tranquilidade de que estamos imitando Deus é simplesmente esplêndido, Divino, porque temos a certeza da nossa salvação, e não somente uma esperança. Portanto, todos nós devemos procurar viver em santidade, nos moldar ao Evangelho, para que possamos viver como o Senhor espera e deseja, e a melhor forma de saber o desejo do Senhor para nós é meditarmos em sua Palavra. Não importa se estamos passando por tribulações, se estamos passando por batalhas, temos que aprender a olhar para Jesus, e olhar para Jesus é praticar o Evangelho, assim sabemos que Jesus é o nosso alvo, que a nossa direção é Ele. Quando assim agimos, estamos fazendo o certo imitando o Senhor, e temos a tranquilidade de saber que podemos e devemos ser exemplos para outras pessoas. “Porque, partindo de vós fez-se ouvir a Palavra do Senhor, não somente na Macedônia e na Acaia, mas também em todos os lugares a vossa fé para com Deus se divulgou, de tal maneira que não temos necessidade de falar coisa alguma; porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos entre vós, e como vos convertestes dos ídolos a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro, e esperardes dos céus a seu Filho, a quem Ele ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira vindoura.” (1 Tessalonicenses 1:8-10).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page