top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Alcançados pela Graça



“E nós, cooperando com Ele, também vos exortamos a que não recebais a Graça de Deus em vão; (porque diz: No tempo aceitável te escutei e no dia da salvação te socorri; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação); não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado; antes em tudo recomendando-nos como ministros de Deus; em muita perseverança, em aflições, em necessidades, em angústias, em açoites, em prisões, em tumultos, em trabalhos, em vigílias, em jejuns, na pureza, na ciência, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido, na Palavra da Verdade, no Poder de Deus, pelas armas da justiça à direita e à esquerda, por honra e por desonra, por má fama e por boa fama; como enganadores, porém verdadeiros; como desconhecidos, porém bem conhecidos; como quem morre, e eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; como entristecidos, mas sempre nos alegrando; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, mas possuindo tudo.” (2 Coríntios 6:1-10)

Não podemos falar que somos salvos e por isto viver de maneira tranquila e suave, desfrutando da vida e do mundo, pois assim seríamos pessoas do mundo. Mas a salvação chegou até nós, fomos alcançados pela Graça através do sacrifício da cruz, portanto, sabemos que não mais pertencemos a este mundo, e sim a Cristo, somos cidadãos e cidadãs do Reino, logo, o mundo nos vê como inimigos. Assim, é normal sermos maltratados, perseguidos, mas não olhamos para isto, pois sabemos que a salvação chegou até nós, hoje somos de Cristo, portanto, nada nos importa, estamos só de passagem por aqui. Tudo fazemos para viver o Evangelho, para praticar o Evangelho de Jesus Cristo, sabemos que somos soldados Dele, convocados para a guerra, portanto, temos que lutar, batalhar, mas de acordo com os ditames Dele. Fomos chamados cooperadores de Cristo, temos a função de levar o Evangelho a todos os que querem, que desejam ouvi-lo, fomos chamados não somente para falar, mas, principalmente, para vivê-lo, pois pregamos muito mais com as nossas atitudes do que com as nossas palavras, temos que ser exemplo de fé, para que as pessoas também queiram conhecer o mesmo Deus que nós.

“ó coríntios, a nossa boca está aberta para vós, o nosso coração está dilatado! Não estais estreitados em nós; mas estais estreitados nos vossos próprios afetos. Ora, em recompensa disto (falo como a filhos), dilatai-vos também vós. Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas? Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo?” (2 Coríntios 6:11-15). Vemos as pessoas se transformarem em religiosas e não viverem em Cristo, pois os vários anticristos que existem pelo mundo, os falsos profetas têm enganado muitos e levado essas pessoas a praticarem uma religião que nada tem com o nosso Senhor. Elas vão a templos para barganhar, para negociarem e exigirem bênçãos, com propósitos descabidos, para determinarem, enfim, vão para tudo, só não vão para se humilhar, não querem se render aos pés do Senhor, mas querem ser exaltadas. São orgulhosas, julgam-se merecedoras e ainda gritam querendo justiça, esquecendo que são elas as mais injustas, pois, se a justiça de Deus fosse baseada na justiça dessas pessoas, então deveriam ser consumidas imediatamente. São piores do que as pessoas sem religião, os ateus, os profanos, ou de outras religiões, pois muitos deles respeitam pelo menos os deuses deles, mas vivemos uma geração que não tem temor, respeito, temor ao nosso Deus, não o trata com reverência, como deveria. Eles esquecem que somos criaturas, e como tal não é possível exigir nada do Criador, somos barro, nada podemos, dependemos da Graça e misericórdia Dele. Esse povo deveria se envergonhar, pois buscam um templo não para aprender a conhecer mais do Senhor, mas porque querem receber algo, querem pedir, e assim nunca recebem, pois o nosso Senhor tem compromisso com as nossas almas e não em satisfazer nossas vontades aqui, mesmo porque este mundo está morto no diabo, isto aqui não pertence a Ele, portanto, nós não podemos nos associar com as coisas e nem com as pessoas mundanas. Hoje é o dia da salvação, busque o Senhor, refugie-se Nele, para que não venha a perecer. “E que consenso tem o santuário de Deus com ídolos? Pois nós somos santuário de Deus vivo, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Pelo que, saí vós do meio deles e separai-vos, diz o Senhor; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.” (2 Coríntios 6:16-18).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


95 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page