top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

A Seriedade do Casamento



E, levantando-se dali, foi para os termos da Judéia, além do Jordão, e a multidão se reuniu em torno dele; e tornou a ensiná-los, como tinha por costume. (Marcos 10:1)

Aonde Jesus ia sempre tinha uma multidão o seguindo e por vários motivos, muitos queriam receber uma cura de uma enfermidade, ou queriam somente ouvir seus ensinamentos, mas, também tinha muitos fariseus e saduceus que por ciúmes e inveja estava ali sempre tentando armar alguma armadilha para que Ele caísse, com o objetivo de desmascará-lo; claro, além de várias pessoas que estavam ao seu redor com o intento de tentar fazê-lo rei de Israel, pois, imaginava que Ele seria um rei físico, não entendiam que o Reino Dele não era na terra. Mas mesmo sendo por vários motivos que o buscavam, que o acompanhava Ele sempre estava ensinando, pregando a Verdade para estas pessoas. "E, aproximando-se Dele os fariseus, perguntaram-lhe, tentando-o: É lícito ao homem repudiar sua mulher?” (Marcos 10:2) Os fariseus aproveitaram uma oportunidade de tentá-lo, ou seja, armar uma armadilha de palavras para ver se conseguia pegar, e vieram falar exatamente de um assunto muito sério, e que desde da criação do mundo foi estabelecido por Deus; eles queriam fazer Jesus se contradizer por causa da lei de Moisés, mas, o que eles não entendiam era que Ele era o próprio Deus, e, que Ele foi quem criou o casamento. Por isto Ele volta com uma pergunta, para que eles respondessem. "Mas ele, respondendo, disse-lhes: Que vos mandou Moisés? " (Marcos 10:3) Jesus começa este assunto não pelo início que foi quando Deus estabeleceu o casamento, mas, pelo que Moisés tinha determinado e faz isto é claro, de forma intencional para que estes fariseus caíssem em sua própria armadilha; uma vez que eles se fundamentavam em uma lei posterior, e não na inicial e única, mas, graças a esta tentativa Jesus pode então esclarecer bem a situação do casamento, ensinar a seriedade desta união que supera a de pais e filhos, ou qualquer outra relação, e também condena a todos os que a desrespeitam.

"E eles disseram: Moisés permitiu escrever carta de divórcio e repudiar.” (Marcos 10:4) Os fariseus alegando a Lei de Moisés, queriam justiçar a suas maldades e mau caratismos e a inobservância da Palavra de Deus; mas o que veremos sobre esta a resposta é muito amplo, inclusive varias pessoas, pregadores, pregam que o divorcio libera pessoa para um novo casamento, mas, não é está a verdade. "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento;” (Marcos 10:5) Jesus explica que pela dureza do coração das pessoas em não conseguir perdoar é que o Senhor permitiu que Moisés criasse esta lei, mas esta lei traz consequências para quem a viver, pois só pelo fato de não conseguir perdoar também não será perdoado por Deus e consequentemente não terá direito a o Reino a Vida eterna, portanto, era uma lei que quem a aplicasse estava abrindo mão do Reino, fica claro que quem se divorcia é porque não consegue perdoar o outro, somente pela dureza do coração. "Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.” (Marcos 10:6) Aqui Jesus fala do início, do propósito de Deus, que é muito antes e superior a lei de Moisés, e nos mostra que Deus criou somente duas classes de pessoas mulheres e homens, e, não uma terceira ou quarta; assim a Palavra de Deus nos mostra que homossexualismo é pecado e contrário a Palavra de Deus, pois, Deus criou somente homem e mulher e nada mais. "Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,” (Marcos 10:7) Aqui Jesus deixa bem claro que os filhos são temporais, mas o marido, a mulher é definitiva, porque filhos cressem casam e vão embora, mas, o marido a esposa fica para sempre, até que a morte os separe; ou sejam o natural é que deixem suas casas seus pais e se cassem e construa a sua própria família. "E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne.”(Marcos 10:8) Jesus nos mostra que é o único lugar na Bíblia que Deus transforma duas pessoas em uma, Deus não transforma duas pessoas em uma quando uma mãe está gestante, nem com filhos, mas, somente marido e mulher, ou seja, quando se casam espiritualmente se transformam em uma só pessoa, uma só carne, e portanto, é indivisível homem algum, lei alguma pode mudar isto, em outras palavras está dizendo que o papel, o documento de divórcio, não tem valor algum, pois, perante o Senhor continuam para sempre casados, e se casar , se envolver com outra pessoa está em adultério. "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.” (Marcos 10:9) A ação de Deus não pode ser desfeita por homem algum, casou está junto, ligado à outra pessoa para sempre ou enquanto viver, e só se é liberada pela viuvez, como é uma só carne, uma só pessoa espiritualmente falando, quando se separa e se une a outra pessoa está em franco adultério, pois ela é ligada a outra, e não tem como um documento terreno, uma ação humana desfazer o que o Senhor fez. "E em casa tornaram os discípulos a interrogá-lo acerca disto mesmo.” (Marcos 10:10) Veja que o assunto foi tão sério que impressionou os discípulos e eles quando estavam a sós com Jesus perguntaram novamente e veja que Jesus respondeu de maneira direta. "E ele lhes disse: Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela. E, se a mulher deixar a seu marido, e casar com outro, adultera.” (Marcos 10:11-12) Portanto não existe adultério ou qualquer coisa que possa liberar a pessoa para divorciar e casar de novo.

 

Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco. O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - Temos como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalhamos voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Buscamos obedecer ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page