• Pr. Henrique Lino da Silva

A Dúvida

“E os discípulos de João anunciaram-lhe todas estas coisas. E João, chamando dois dos seus discípulos, enviou-os a Jesus, dizendo: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?” (Lucas 7:18-19)

Jesus operava inúmeros sinais e maravilhas, curando enfermos e ressuscitando mortos, como tinha feito há pouco ressuscitando o filho da viúva de Naim. E todos estavam encantados com isso, pois nunca tinham visto algo semelhante em Israel. Então, João Batista, que se encontrava preso na época por ordem do rei Herodes, ficou sabendo das coisas que Jesus estava fazendo através dos seus discípulos, que o visitavam constantemente, e assim ele os enviou para perguntar a Jesus se Ele era o esperado, o Messias, ou se o Messias ainda viria. Essa pergunta feita por João Batista nos incomoda, porque sabemos que João Batista foi enviado por Deus exatamente para preparar o caminho do Senhor e que a ele tinha sido revelado quem era Jesus, antes mesmo dele o batizar, pois, quando o viu passando, falou que aquele era o Cordeiro de Deus que tiraria os pecados do mundo. João Batista foi aquele que batizou Jesus Cristo ali, nas águas do Rio Jordão, e quando o estava batizando, viu o Espírito Santo vindo sobre Jesus na forma corpórea de pomba, e ao mesmo tempo ouviu do céu a voz de Deus Pai dizendo: “este é o meu Filho amado em quem me comprazo”. Portanto, João era um dos poucos que tinha plena certeza de quem era Jesus. Por isso sabemos que ele não podia duvidar e achamos essa pergunta descabida. Mas, quando analisamos, vemos que o que aconteceu com João Batista acontece constantemente conosco, porque de igual maneira recebemos a revelação de Deus pela sua Palavra, sabemos tudo o que vai nos acontecer, conhecemos a Promessa de Deus, mas na hora em que vêm as lutas, as batalhas, nós duvidamos e começamos a imaginar: “será que Deus quer realmente isto?”. Quando buscamos uma cura, ou uma solução qualquer de um problema que estamos enfrentando, sabemos que o Senhor, pela sua Palavra, já nos garantiu que, se formos obedientes a Ele, com certeza receberemos a bênção, a resposta, a solução, mas só que em termos práticos não vemos isso acontecer, então permitimos a dúvida entrar em nossos corações, isto porque tiramos os olhos de Cristo e começamos a olhar para o problema, para a situação, assim já não estamos mais olhando para o nosso alvo. “E, quando aqueles homens chegaram junto Dele, disseram: João o Batista enviou-nos a perguntar-te: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro? E, na mesma hora, curou muitos de enfermidades, e males, e espíritos maus, e deu vista a muitos cegos.” (Lucas 7:20-21). Quando os discípulos de João Batista fizeram a pergunta a Jesus, Ele simplesmente continuou a operar os sinais, as maravilhas, as curas, mostrando o Poder de Deus. Isto nos mostra que muitas vezes ficamos olhando para nós mesmos, para os nossos problemas, ficamos com piedade de nós mesmos, ou revoltados, reclamando, e não percebemos que Jesus continua operando milagres grandiosos, e muito maiores na vidas das pessoas que creem Nele, na vida daqueles que perseveram Nele, olhando para Ele. Quando estamos olhando para nós mesmos, para as nossas dificuldades, não temos como olhar para o Senhor, a bem da verdade, muitas vezes estamos idolatrando o problema, sim porque às vezes falamos mais no problema, pensamos mais no problema do que em Jesus, que é a solução, assim, na verdade, estamos idolatrando o problema, e não a Cristo, e Ele não divide a sua Glória com ninguém. “Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o Evangelho. E bem-aventurado é aquele que em mim se não escandalizar.”(Lucas 7:22-23). Jesus simplesmente mostra os sinais que fez aos discípulos de João Batista, mostra que a Palavra está se cumprindo, o Evangelho está sendo pregado a todos. A resposta de Jesus é a mesma hoje e será a mesma amanhã e eternamente, porque Ele veio e está operando milagres, a sua Palavra está se cumprindo, mas se nós não estamos crendo só porque enfrentamos lutas e não vemos a solução, a resposta é porque o problema está em nós, e não que a sua Palavra esteja falhando. Todas as vezes em que passamos a olhar para a situação, é porque não estamos olhando para Cristo, assim foi com Moisés, quando olhou para o Mar Vermelho e pensou que era o fim, que seria alcançado pelo faraó, mas se ele estivesse olhando para a Palavra de Deus, saberia que algo aconteceria, uma vez que o Senhor tinha prometido libertá-los. Assim o Senhor o fez somente tocar no mar com o cajado e o mar se abriu. Da mesma maneira o Senhor já nos falou tudo pela sua Palavra, basta confiarmos Nele e perseverarmos que veremos a Palavra se cumprindo em nossas vidas. João Batista teve dúvidas, mas isto não quer dizer que ele não tenha sido um homem de Deus, porque o próprio Senhor disse que nascido de mulher não existiu profeta maior do que ele. Portanto, as dúvidas podem ocorrer em verdadeiros homens de Deus, mas, para evitá-las, basta olhar para o Senhor e não para as circunstâncias, sabendo que a Palavra se cumprirá em nossas vidas, pois o nosso Deus não falha. “E, tendo-se retirado os mensageiros de João, começou a dizer à multidão acerca de João: Que saístes a ver no deserto? uma cana abalada pelo vento? Mas que saístes a ver? um homem trajado de vestes delicadas? Eis que os que andam com preciosas vestiduras, e em delícias, estão nos paços reais. Mas que saístes a ver? um profeta? Sim, vos digo, e muito mais do que profeta. Este é aquele de quem está escrito: Eis que envio o meu anjo diante da tua face, O qual preparará diante de ti o teu caminho. E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.”(Lucas 7:24-28). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram