• Pr. Henrique Lino da Silva

A CURA DE DOIS CEGOS.


E, partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando, e dizendo: Tem compaixão de nós, filho de Davi.

E, quando chegou à casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus disse-lhes: Credes vós que eu possa fazer isto? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor.

Tocou então os olhos deles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.

E os olhos se lhes abriram. E Jesus ameaçou-os, dizendo: Olhai que ninguém o saiba.

Mas, tendo eles saído, divulgaram a sua fama por toda aquela terra.

E, havendo-se eles retirado, trouxeram-lhe um homem mudo e endemoninhado.

E, expulso o demônio, falou o mudo; e a multidão se maravilhou, dizendo: Nunca tal se viu em Israel.

Mas os fariseus diziam: Ele expulsa os demônios pelo príncipe dos demônios.

E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.

E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.

Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.

Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.

Mateus 9:27-38

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O amor