Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 14 August 2017 03:14
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 169
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 5.0/5 Estrelas) Total de votos: 1

UMA PECADORA

8 0
"E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa. E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento; E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o unguento." (Lucas 7:36-38)
 
         Jesus foi convidado por um fariseu para ir comer em sua casa, e não recusou o convite, isto porque, como Ele mesmo disse, Ele não veio por causa dos salvos, mas por causa dos pecadores; veio chamar os que estavam perdidos, entre eles nós, que andávamos longe. Temos várias lições com esses textos quando nos deparamos com pessoas que se julgam muito puras, que não frequentam este ou aquele local, que não vão a esta ou àquela casa porque as pessoas são pecadoras. Vejo homens e mulheres que se dizem ser servos do Senhor, mas se recusam a ir a uma determinada casa, porque as pessoas são espíritas ou de outra religião qualquer. Temos que aprender com Jesus, se recebermos o convite, devemos ir e sermos luzes, temos que falar e mostrar o Evangelho, e é possível que as pessoas se convertam e abandonem o erro. Temos que saber que o Evangelho deve ser pregado em toda parte, até nos confins da terra. Não somos melhores do que ninguém, muito pelo contrário, portanto não podemos fazer acepções de pessoa, devemos ir a toda parte e levar a mensagem da Cruz, o que não podemos é participar dos seus erros, dos seus pecados, não podemos sentar à roda dos escarnecedores. Isto é, não podemos fazer o mesmo que eles, devemos, sim, apresentar Jesus a todos. Vemos que na casa desse fariseu uma mulher pecadora chega por trás de Jesus e, chorando, lava os seus pés com lágrimas e os enxuga com os seus cabelos, com o véu da mulher, porque os cabelos são o véu natural de toda mulher, é por esse motivo que a Bíblia é contra a mulher raspar a sua cabeça, assim como o homem deixar o cabelo grande. Essa visita à casa do fariseu resultou na conversão dessa mulher pecadora, porque ela descobriu que estava em pecado e, chorando, lavou os pés do Senhor, enxugou-os com o seu manto natural, e beijou-os mostrando assim o seu amor por Jesus. E mais ainda: o ungiu com unguento, ela fez o que nem mesmo o dono da casa fez.
 "Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora." (Lucas 7:39). O fariseu pensava exatamente como muitos religiosos da nossa época, pois a julgava, e por conhecer essa mulher e saber que era pecadora, não permitia que tocasse nele, pelo menos em público. Sim, porque vemos o seu pensamento de crítica a Jesus, inclusive achando que Jesus não sabia que aquela mulher era uma pecadora. Essa pecadora que lavou os pés de Jesus com lágrimas, que os enxugou com os seus cabelos e ainda ungiu com o seu unguento sairá livre e perdoada dos seus pecados, enquanto o fariseu que se julgava santo, esse homem que achava que tinha feito a sua parte por convidar Jesus a sua casa receberá uma reprimenda e ensino. Não sabemos de Jesus dizer que ele está perdoado, isto porque ele não admitiu que era um pecador. Nós devemos ir a Jesus, devemos convidá-lo, mas temos que saber que somos pecadores, somos falhos, devemos nos abrir, confessar nossos pecados e buscar sempre e em todo o tempo o perdão. "E respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre. Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinquenta. E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais? E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E Ele lhe disse: Julgaste bem." (Lucas 7:40-43). Jesus, conhecendo os pensamentos do fariseu, responde de maneira clara a todos para que servisse de aprendizado, principalmente para nós. Conta então uma parábola, como era o hábito de o Senhor explicar um assunto com maior clareza, para que todos pudessem entender sem sombra de dúvidas. Mostra que aquela mulher era pecadora e Ele sabia disso, mas que também o fariseu o era, mas que a mulher o buscou, e, portanto, ela o amava mais, porque o seu pecado era maior, mas ela tinha reconhecido. Não existe tamanho de pecado que Deus não possa perdoar, mas é necessário admitirmos que somos pecadores e confessarmos e nos arrependermos, ou seja, abandoná-los. Jesus mostra que o fariseu não tinha se arrependido e nem tinha recebido o Senhor como deveria, com amor e respeito. Por esse motivo é que vemos muitas pessoas se identificarem como crentes, mas basta olharmos para vermos que não se arrependeram, não se converteram ao Senhor, porque muitos levantam as mãos em templo dizendo que aceitam o Senhor como seu salvador, mas continuam nas mesmas práticas erradas, antigas e mundanas, porque não recebem o Senhor com amor, arrependidos, e não confessam seus pecados. "E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me desta água para os pés; mas está regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça. Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas está ungiu-me os pés com unguento. Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama. E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados? E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz." (Lucas 7:44-50). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG