Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 22 June 2018 03:42
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 86
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

TEMENDO O POVO

1 0
"Estava, pois, perto a festa dos pães ázimos, chamada a páscoa. E os principais dos sacerdotes, e os escribas, andavam procurando como o matariam; porque temiam o povo. Entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, o qual era do número dos doze.” (Lucas 22:1-3)
 
          Aproximava-se o dia da festa de pães ázimos, ou melhor dizendo, a festa de páscoa dos judeus, que nada tem a ver com a páscoa que se comemora hoje. Isto porque a festa de páscoa para os judeus é a comemoração, a lembrança da saída, do êxodo do Egito, em que eles comem pães sem fermento. O que nós comemoramos hoje é uma festa comercial, cujo atrativo é chocolate em formato de ovo, o qual dizem que é o ovo de coelho, como se coelhos botassem ovos. Nossas crianças são ensinadas desde pequenas com a mentira, assim como a invencione de um tal de papai Noel. Mas a páscoa para nós deveria pelo menos lembrar que foi a época em que foi formalizada a traição e morte do nosso Salvador. Na época dessa festa, os líderes religiosos estavam querendo achar uma maneira de prenderem Jesus, de acusá-lo, de matá-lo. Faço questão de esclarecer que quem tudo tramou para prender e assassinar Jesus não foi um povo estranho, ou estrangeiro, e sim o povo escolhido por Deus, foram os judeus, os líderes religiosos, os que conheciam a lei, os mestres em Jerusalém. Satanás, ou o diabo, se apossou do ladrão, que era Judas Iscariotes, e o induziu a negociar a vida do Senhor. Digo induziu porque o diabo não obriga ninguém a fazer nada, mesmo porque ele não tem esse poder, mas o que faz com que ele aja, induza as pessoas a cometerem todos os tipos de barbaridade é o fato de elas permitirem, concordarem com ele, com as suas ações. Judas, apesar de ser um dos doze discípulos de Jesus, de andar com Jesus durante os três anos do ministério terreno do Senhor e ter presenciado inúmeros milagres, sinais e prodígios, apesar de ter recebido poder quando foi enviado juntamente com os outros onze para pregar o Evangelho, apesar de tudo isto, ele era um mau caráter, era um ladrão. Ele ocupava o cargo de tesoureiro do ministério do Senhor, era ele quem administrava as finanças, e ele roubava como a Bíblia, a Palavra de Deus nos relata. Por tal motivo, por fazer uso das armas do nosso adversário, estava propenso a ser induzido a cometer qualquer ato, e ele cometeu os dois piores, entregou o Filho de Deus e se matou depois.
 "E foi, e falou com os principais dos sacerdotes, e com os capitães, de como lho entregaria; os quais se alegraram, e convieram em lhe dar dinheiro. E ele concordou; e buscava oportunidade para lho entregar sem alvoroço. Chegou, porém, o dia dos ázimos, em que importava sacrificar a páscoa.” (Lucas 22:4-7) Esse homem que amava o dinheiro – e sabemos que o dinheiro é a raiz de todos os males – vendeu o seu Mestre, o Filho de Deus. Prometeu entregá-lo, denunciá-lo por dinheiro. Esse traidor uniu-se à turma dos adversários do Senhor, e então, a partir daquele dia, começou a procurar o melhor momento, o mais propício para delatar Jesus aos guardas, aos líderes, aos religiosos. Chegando o dia dos judeus comemorarem a festa da páscoa, surge a oportunidade para esse traidor executar a sua má ação, apesar de ele ter tido tempo de se arrepender e desistir disso, mas ele foi até o final. Nós gostamos de culpar o diabo por causa das nossas más ações, mas, na verdade, devemos culpar a nós mesmos, porque o diabo só pode nos influenciar se estivermos propensos a isso, se formos pessoas que desprezam o Evangelho, se formos pessoas que vivem na prática do pecado. Deus usa todos nós para glorificar o seu Nome, e a sua Palavra se cumpre tanto para o bem como para o mal. Assim como Ele endureceu o coração do faraó para que seu Nome fosse exaltado, também Judas foi usado para cumprir a sua Palavra já há muito revelada. Quando agimos contrários à Palavra de Deus, quando nos rebelamos contra ela, também seremos usados para glorificar o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), porque pela nossa destruição, pelo nosso sofrimento a Palavra Dele está sendo cumprida, as pessoas veem esse testemunho e creem Nele. Judas Iscariotes entregou, traiu o Filho de Deus e teve uma morte horrenda, pois se enforcou, a corda arrebentou e ele caiu sobre pedras, e o seu ventre foi aberto e suas entranhas saíram. "E mandou a Pedro e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos. E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos? E Ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar. E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos? Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado; aí fazei preparativos. E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e prepararam a páscoa. E, chegada a hora, pôs-se à mesa, e com Ele os doze apóstolos. E disse-lhes: Desejei muito comer convosco esta páscoa, antes que padeça; Porque vos digo que não a comerei mais até que ela se cumpra no Reino de Deus. E, tomando o cálice, e havendo dado graças, disse: Tomai-o, e reparti-o entre vós; Porque vos digo que já não beberei do fruto da vide, até que venha o Reino de Deus. E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no meu Sangue, que é derramado por vós.” (Lucas 22:8-20). Jesus dá ordens para os seus discípulos prepararem a ceia, pois Ele sabia que era a última da qual Ele participaria juntamente com os discípulos. Na verdade, o Senhor já tinha organizado tudo, inclusive o local onde deveria ser servida a ceia, e mandou simplesmente os discípulos a organizarem, porque, quando Jesus os mandou seguir, encontrar um homem que estava carregando água, era um sinal, mesmo porque quem fazia isso eram as mulheres. Quem carregava, transportava água eram as mulheres. Esse homem depois foi revelado que era João Marcos, e a última ceia foi servida na casa dele, dos seus pais. Nessa ceia Jesus revela a todos que no meio deles está o traidor, e mesmo assim Judas Iscariotes não se arrependeu, e foi rapidamente concluir seu mau intento. "Mas eis que a mão do que me trai está comigo à mesa. E, na verdade, o Filho do homem vai segundo o que está determinado; mas ai daquele homem por quem é traído! E começaram a perguntar entre si qual deles seria o que havia de fazer isto.” (Lucas 22:21-23).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG