Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 13 April 2017 11:54
  • em Versículos Bíblicos
  • por portal
  • Visitas: 978
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 5.0/5 Estrelas) Total de votos: 5

Restauração de Casamento em Nova York

1 0
Testemunho de Restauração em Nova York
Link para o Áudio:  https://www.youtube.com/watch?v=YGkgPkxLrRM&feature=em-upload_owner#action=share
Dalva Batista Santos
E-mail: batista_dalva@yahoo.com
Nova York           New Jersey

Meu nome e Dalva e venho contar meu testemunho. Obrigada Senhor por tantas Graças, Milagres que o Senhor fez e faz na minha vida, e o Maior Milagre foi ter o privilégio de conhece ló, Gloria Santo Deus, que fez tudo que existe que tem domínio total sobre TUDO E TODOS! Obrigada Meu Deus Pai, Jesus meu Rei, Meu Salvador, meu Tudo! Nasci em uma família espírita e quando tinha 28 anos meu irmão que era usuário de drogas foi internado e durante a internação que meu irmão conheceu A Palavra, quando meu pai estava muito doente o meu irmão me chamou para conversamos e ele abriu a sua bíblia e disse: minha Irma tudo que nos foi ensinado quando éramos crianças está errado conforme a Palavra de Deus, pois Deus não divide a sua Gloria, o Senhor Jesus e o único que Salva, cura, liberta verdadeiramente. Meu irmão afirmava que nossa família esteve sempre no erro e por isto tínhamos tantos problemas na nossa família. Eu comecei a frequentar a igreja católica em 2000, mas tinha uma fé morna, eu não tinha conhecimento do evangelho. Conheci meu marido em 2003 e nos casamos em 2005, ele sempre ia a comigo na igreja, ele era católico. Em 2006 nos mudamos de imóvel e conheci uma moca evangélica que me ajudava a organizar a minha casa a cada 15 dias, e também ela trabalhava todos os dias ao lado do meu apartamento, nos tornamos amigas, hoje irmãs, ela me alertou sobre muitas coisas, pregava o Evangelho com tanta dedicação e amor, eu fazia muitas perguntas. O que me encantou sobre ela foi a sua simplicidade no falar, um amor para com o próximo, o jeito que ela falava que Deus me amava, eu nunca tinha escutado nada igual. Comecei a me questionar e contei para o meu marido tudo que ela me alertou sobre o evangelho, e ele dizia que queria mudar de igreja, pois sentia que não estava crescendo espiritualmente, mas tivemos que nos mudar para o sul por um ano, um ano se passou e decidimos voltar e retornamos para o mesmo imóvel aonde minha amiga continuou pregando o evangelho. Em 2010 mudamos de cidade, meu marido pediu a Deus um emprego em uma específica empresa e conseguiu, ficamos nesta cidade até 2012, porque ele decidiu pedir demissão da empresa e aceitar um emprego em outra cidade. Eu fiquei muito chateada, pois sabia que ele estava trocando o certo pelo duvidoso, eu sentia uma angustia, parecia que algo não ia dar certo. Ele começou a trabalhar na nova empresa no qual teve muitos problemas no início, mas as coisas ficaram um pouco tranquilas com o tempo. Em agosto de 2013 ele começou a viajar o tempo todo, em abril de 2014 foi demitido e foi trabalhar em outra empresa em outra cidade e de novo continuávamos afastados, em ambas as empresas ele não recebeu nada, a primeira faliu e a segunda o dono desapareceu com o dinheiro, ou seja, ficou sem salário durante um ano, perdeu suas economias, estava com raiva, amargurado, eu orava não entendia o que estava acontecendo. Eu ficava sozinha, estudava e trabalhava foi aí no início de 2015 que comecei a frequentar uma igreja evangélica, e quando ele vinha me visitar, ele ia comigo e gostou muito, mas ele continuava amargurado, pois para ele o trabalho sempre foi tudo, e estava desempregado há meses. Em 2015 voltamos para a cidade natal do meu marido, ele queria achar um trabalho o mais rápido possível, ele conseguiu um emprego em duas semanas depois que retornamos, ele não teve paciência de esperar, pois tinha outras empresas que queriam entrevista ló, mas ele aceitou um trabalho que tinha que viajar fiquei muito triste, pois ele tinha prometido que não ia mais me deixar sozinha, mas de nada adiantou. Nesta época, a minha sogra me ligava sempre preocupada, pois sabia que eu estava morando sozinha mais uma vez, apesar de sua preocupação a mãe dele defendia a decisão do meu marido, dizia eu tinha que entender, mas era muito desagradável escutar os argumentos dela, eu nunca discuti ou repliquei com ela. Passaram dois meses e meio, meu marido ligou dizendo que tinha que ficar mais um mês, quando desliguei o telefone eu comecei a chorar, sinto que foi ali naquele momento que a minha jornada com Deus começava, eu lembro que me ajoelhei na sala e chorei muito orei e perguntei ao Senhor: Senhor Isto está certo? Meu marido ficar viajando e eu ficar sozinha? E este casamento que o Senhor quer para mim? Depois que fiz a oração e as perguntas para o Senhor, em algumas semanas meu marido começou a ligar muito deprimido, pois me dizia que o chefe dele o maltratava que ele era extremamente humilhado que nunca tinha passado por isto e em exatamente duas semanas meu marido desconfiava que ia ser demitido, mas pediu demissão antes, voltou para casa e em menos de um mês conseguiu um emprego que não precisava viajar. Eu sempre tive o habito de ler a bíblia, e ver as pregações, mas não estava frequentando a sua igreja, estava procrastinado, eu era apenas religiosa. Então comecei a ir a uma igreja evangélica próxima da minha casa e falei para o meu marido, ele se ofereceu para ir, mas ele estava tão arredio, crítico e disse que aquela igreja não dava, que com certeza existia outra igreja. Nada mudava, ele só pensava em dinheiro, eu trabalhava a semana toda e também finais de semana, para ajuda ló. Eu sempre tive o habito de escrever cartas para o Senhor e em uma das cartas escrevi que não queria permanecer casada com alguém frio, amargurado e que se tinha algo que eu deveria saber que o Senhor me mostrasse. Foi aí que em um mês, meu marido começou a dizer que esta empresa que estava trabalhando tinha um projeto em outra cidade que ele pediu para participar, que seria muito importante para carreira dele e que durariam três meses, comecei a questiona ló porque ele tinha pedido para a participar de um projeto e ficaria em outra cidade, que tipo de homem que se casa e faz isto? Nesta mesma época descobrimos que o contrato de aluguel ia vencer e ele disse que não iria renovar o nosso contrato de aluguel, que eu ficaria em uma imóvel temporada. Eu comecei a achar que o Senhor queria que meu casamento acabasse. Passaram se 2 semanas e descobri que meu marido estava saindo com uma mulher a um ano atrás, pois ele mesmo escreveu lembra de mim de um ano atrás, vi o bate papo dele com ela no computador, eu o questionei ele tentou negar, mas abriu o jogo, disse que não era nada, que foi uma fantasia. Que ele me amava, mas que as coisas estavam difíceis entre a gente, disse que precisávamos de um tempo, que esta viagem a trabalho veio em boa hora, pois seria para ele refletir sobre o nosso casamento. No dia seguinte fui trabalhar eu comecei a ter um ataque de pânico o meu coração começou a acelerar comecei a ter tormento ouvia vozes. Meu marido saiu de casa no mesmo dia em que eu soube de tudo, mas ele teve que voltar duas vezes para pegar as coisas dele, nas duas vezes que retornou quando ele estava perto, eu ouvia uma voz dizer, pula da janela em frente dele, você vai acabar com esta dor e ele finalmente se livra de você, foi horrível, meu coração acelerava, eu via tudo escuro. Eu tinha ataques de pânico o tempo todo se não orasse, quando estava para pegar o trem ouvia a voz dizendo se joga, várias vezes ao dia eu orava no meio da rua no trabalho ia para o banheiro e pedia para Deus tirar aquilo da minha mente. Fiz busca na internet sobre se Deus aceitava a separação, e alguns sites gospel dizia que podia outros não, eu decidi orar e entregar nas mãos de Deus. Na verdade, eu estava confusa e também precisava me tratar, pois o tormento e ataques de pânico que tinha estavam piorando. Comecei a fazer jejum, e quando estava no trabalho sempre ia para o banheiro orar, eu sentia sede de oração e ao mesmo tempo pânico e tormento. Um dia no trabalho foi orar e comecei a sentir o ataque de pânico o tormento voltava fui para o banheiro fechei a porta e me ajoelhei nunca chorei daquele jeito, foi a pior dor que senti, eu não conseguia me controlar, orei pedi Senhor Jesus Ficar comigo, me ajuda a sair desta dor, que Ele tivesse misericórdia de mim. Foi quando estava voltando para a área de trabalho encontrei uma moca que trabalha comigo e ela e evangélica, quando ela me viu percebeu que tinha algo errado, ela me disse: você tem que ir à casa do Senhor, ela me falou de uma igreja que frequentava há anos. Sei que Deus colocou aquela moca na minha vida, naquele exato momento. Quando cheguei em casa foi para o web site da igreja e abri em uma pregação sobre o Centurião De Cafarnaum Mateus 8, eu escutei esta pregação muitas vezes eu tenho ela no meu telefone até hoje, aquela Palavra me libertou do tormento, quando começava a ouvir o tormento na minha mente eu repetia: Santo Deus Meu Senhor eu sei que posso ser liberta deste tormento, se for da sua vontade, imediatamente o tormento parava, eu repetia Senhor Jesus eu sei que o Senhor tem total autoridade, eu tenho Fe que o Senhor já me curou!, Mas quando me lembrava do sofrimento que estava passando voltava, comecei a frequentar a igreja que a minha amiga indicou, chegava à igreja meia hora antes do culto ficava em oração, eu não podia ficar sozinha, tinha medo, pois o tormento e o ataque de pânico começavam, eu permanecia na igreja o dia todo para os estudos bíblicos, orações, via os testemunhos, só sai da igreja no domingo as 7 da noite. Eu sempre tive que trabalhar aos domingos, mas durante este período eu fui escalada pouquíssimas vezes e quando era escalada em um horário que iria atrapalhar o culto de domingo um colega de trabalho trocava comigo, incrível, pois ninguém nunca queria trabalhar no domingo, e eu sempre conseguia trocar. E nas duas vezes que tive que trabalhar no domingo a escala nunca caiu no mesmo horário do culto, mas por causa de distância cheguei atrasada alguns minutos por duas vezes, porem ninguém nunca me chamou a atenção. Tudo obra de Deus! Foi aí que a me mudei para o apartamento temporário, era longe do meu emprego, da cidade, eu lembro que no dia da mudança tive que pegar um taxi de madrugada, pois tinha que trabalhar até tarde naquele dia, quando cheguei no bairro o taxista disse para eu não ficar andando por ali sozinha, pois não era seguro, assim que ele parou na porta tinha 2 rapazes e o taxista ficou preocupado, começou a fazer perguntas: você está aqui neste bairro sozinha? Você e casada? Cadê seu marido? Por que você está vindo para este lugar sozinha? Eu tenho uma filha, eu realmente estou preocupado com você, menina? O taxista me deixou nervosa comecei a orar, mas estes rapazes eram super educados me ajudaram com três malas a subir quatro andares de escada, eles nunca me abordaram, sentia que o Senhor estava cuidando de mim. Eu saia muito tarde do trabalho e na esquina do meu apartamento tinha muitas pessoas comprando drogas e usando drogas ali mesmo no meio da rua, mas ninguém nunca me desrespeitou. Foi um mês difícil, mas fiquei focada em estar na presença do Senhor, em ler meditar a Palavra, mas admito que chorei muito, me sentia descartada, humilhada. Eu sentia que era acordada de madrugada, eu não consigo descrever como foi incrível, os meus olhos se abriam e eu estava cheia de energia para louvar, ler a Palavra e orar. Sempre dormi bem nunca tive insônia e em semanas o tormento foi embora, Gloria a Deus! Este emprego que tinha não dava para me manter, e eu não queria pedir ajuda para o meu marido, ele sempre pagou o aluguel e quando estava para vencer ligava e depositava o dinheiro. Foi aí que comecei a procurar outro emprego enviei currículos e no outro dia uma empresa me chamou para entrevista, no dia da entrevista eu orei, pedindo a Deus que fosse feita à vontade Dele. Sinceramente eu não estava preparada para a entrevista, pois minha mente estava adormecida de tristeza, fiz a entrevista e no outro dia gerente me chamou para uma segunda entrevista na parte da manhã, foi contratada, o Senhor me capacitou para falar naquela entrevista, Ele me deu aquele trabalho! Meu primeiro salário comecei a dizimar pela primeira vez na minha vida. Eu foquei no meu trabalho, não gastava dinheiro com nada superficial, sempre lendo o evangelho, orando, vi filmes evangélicos, louvava. Nunca procurei o meu marido ele me ligava e dizia que se eu precisasse era para eu ligar, percebi que ele sentia incomodado, pois eu não pedia nada, não procurava, eu mantinha a educação, em agosto no dia do nosso aniversário de casamento ele ligou. Algo que disse para ele desde o início que eu nunca seria amiguinha dele, que eu não ia ficar me colocando nesta posição, apesar de ama ló, de estar sofrendo, eu sabia que eu precisava de Deus na minha vida, portanto minha decisão foi estar na presença de Deus, da sua Palavra, mas eu sofria muito por ver meu casamento daquele jeito. Eu contei para ele que tinha conseguido um novo emprego ele disse para eu não aceitar este emprego, depois que ele me disse que pesquisou sobre a empresa e que estava muito feliz por eu ter decidido aceitar. Eu disse que para o meu marido que Deus me deu este emprego. Eu recebi tantas graças durante o meu deserto, o meu computador quebrou e ficou caríssimo para consertar, um irmão da igreja ficou sabendo e consertou de graça, ele me falou; você e minha irmã em Cristo Jesus eu não posso de cobrar. Se eu não tivesse o computador jamais teria encontrado o Pastor Henrique Lino. Eu decidi me batizar na igreja evangélica, eu estava procrastinando a muitos anos, eu sentia a muito tempo que eu tinha que voltar à para a casa do Senhor e também entregar definitivamente a minha vida ao Senhor. Como disse eu era apenas religiosa. Às vezes me sentia só, queria conversar com alguém, mas não sobre meu problema, foi aí que conheci uma moca na igreja durante os estudos bíblicos para a preparação do meu batismo que Também estava com problemas no casamento, mas nós nunca falamos uma para outra sobre o nosso problema, mas só de olharmos sabíamos do sofrimento uma da outra, muitas vezes durante o culto ou em uma simples conversa nos abraçávamos e orávamos pedindo ao Senhor forca, sabedoria e discernimento. Obrigada Senhor por esta linda amizade. Tive que sair do apartamento temporada no final de agosto fiquei La um mês, foi ai que mais uma vez eu tive um livramento, não achava nada, depois de muita procura achei um imóvel, a proprietária desde da primeira conversa se demonstrou confusa, problemática, este um apartamento era longe e tinha algo que não estava certo, orei e um dia antes de me mudar ela desapareceu, mas o mais incrível aconteceu quando liguei para o antigo dono do apartamento que morei 3 anos e ele disse que queria muito me ajudar, mais que não tinha nada disponível pelo valor que eu poderia pagar, no dia seguinte o neto dele me ligou e me ofereceu um apartamento perto de onde trabalho, em um bairro seguro, e com um preço abaixo do que eu imaginei, tudo novinho no apartamento, Tudo Obra das Mãos do Senhor! Me mudei para o novo apartamento, um dia buscando na internet vídeos sobre a bíblia, pois queria ler acompanhada de alguém que sabia a Palavra, foi ai que descobri a página do Pastor Henrique Lino, comecei a ver os vídeos sobre o Novo Testamento, comprei um caderno fazia anotações, eu via de manhã e quando chegava do trabalho, um dia foi para o site do Ministério Atalaia, mais uma vez tive a certeza o Senhor estava cuidando de mim, liguei para o Pastor Henrique expliquei que era casada e ele disse veja os vídeos sobre casamento e que depois nós conversamos, eu vi os vídeos sobre casamento continuei acompanhado as leituras diárias, que felicidade! Encontrar o Pastor Henrique foi um presente do Senhor, pois ele explica a Verdade, tomei conhecimento durante a leitura da bíblia com o Pastor Henrique de que eu tinha que mudar em várias áreas da minha vida, como por exemplo parar de ser emocional e seguir os mandamentos do Senhor em todos os aspectos da minha vida. Eu orava para que o Senhor me mostrasse todo que não o agradava, orava pelo meu casamento, ainda sentia culpada, medrosa, insegura, um dia de madrugada eu acordei e escrevi tudo do meu passado e presente que desagradava o Senhor, descobri a minha incapacidade de amar e de perdoar, vi todos os meus erros, amizades que não agradava ao Senhor, precisava nascer de novo como diz no evangelho de João 2:23- 3:21 PALAVRA Na semana do meu batismo eu tive um pesadelo que o inimigo queria me machucar eu acordei em pânico suando, mas senti a presença de Deus e voltei a dormir. Foi a primeira vez que tive um pesadelo durante o deserto. No dia 9 de outubro as 18 horas foi o meu batismo, lembro de uma Irma da igreja dizer hoje você vai se casar verdadeiramente, eu comecei a chorar e meu coração disparou, porque neste momento veio na minha mente que eu falhei no meu casamento e que eu não podia e não posso falhar com Deus Pai, Deus Filho Senhor Jesus, meu corpo tremia, mas depois do batismo foi uma alegria tão grande me senti livre, Amanda, abençoada, eu estava tão feliz ,um dia perguntei ao SENHOR: Senhor eu me sinto tão completa e feliz na sua presença por que tenho que continuar viver neste mundo, mas percebi naquele momento que tenho uma missão no meu casamento, no meu ministério, eu tenho que refletir o Caráter, as atitudes do Senhor Jesus, pois assim atrairei pessoas para Ele. A vida Crista e impossível sem Jesus, eu era assim tinha uma vida Crista apenas religiosa mais não tinha O Senhor intrinsecamente vivendo e refletindo em mim nas minhas atitudes. Neste processo eu aprendi a falar com Deus, a abrir o meu coração a não ter vergonha de falar sobre os meus pecados minhas angustias, meus medos para o Senhor. Meu marido sempre ligava, as vezes atendia, as vezes não, tinha recaídas chorava, me sentia humilhada, mais começava a ler a Palavra e lia quando Jesus esteve no deserto Mateus 4:1 e também quando O Senhor Jesus orou no Getsêmani Mateus 26:36, eu me envergonhava, e a dor passava, pois, O Meu Senhor e Salvador nos ensina no evangelho de João 16:33 " Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz, no mundo tereis aflições, mas tende bom animo, EU venci o mundo. PALAVRA eu me sentia insegura, mais as pessoas me perguntavam o que estava acontecendo comigo, pois estava tão bonita, diziam que meu semblante era suave, perguntavam se eu estava apaixonada. Eu dizia que tinha definitivamente entregado a minha vida nas Mãos de Deus. Neste processo tive que ficar atenta, pois apesar de não contar nada para ninguém, os assuntos como casamento, separação, família eram sempre abordados, escutei muitas pessoas ensinando a Palavra de Deus, sem realmente ter conhecimento. Comecei a me afastar de pessoas que falavam qualquer coisa que discordava com a Palavra de Deus. Quero que saibam que durante o meu deserto, eu trabalhava, orava, me arrumei para Deus, fazia exercícios físicos, parei totalmente de ver noticia, fofoca, não entro mais em web site que quer manipular meus pensamentos. Sempre foi magra, mas perdi muito peso, pois permanecia em jejum, o jejum me manteve espiritualmente focada em estar na presença de Deus. Minhas orações mudaram não orava mais por restauração e sim por conversão, eu não queria ficar com um homem que não tem a mente o coração no Senhor Jesus. Por causa da Palavra e dos vídeos do Pastor Henrique explicando, eu sabia que meu casamento ia ser restaurando, eu confiei, eu acreditei! Por isto mudei minha oração para conversão, o Senhor transformou água em vinho, Saulo em Paulo, Ele também irá transformar o meu marido, pois eu estou sendo transformada a cada dia, tenho defeitos, todos os dias e uma luta contra a carne, mas Tudo Poço naquele que me fortalece, O Amor de Deus me constrange a mudar! Em setembro foi aniversario da mãe dele, eu enviei um presente pelo correio, pois os pais dele vivem em outra cidade. Os pais dele e nem a minha família nunca souberam do que estava acontecendo. Eu sempre me mantive discreta, no inicio meu marido achava que eu ia falar algo para a mãe dele, eu disse que este era um problema nosso, não seria correto eu sair por aí difamando ele e também eu, pois sabia que tudo que tinha acontecido também era de minha responsabilidade. A mãe dele ligou para ele agradecendo o presente, mas ele tinha esquecido que era aniversário dela depois ele me ligou agradecendo por ter lembrado do aniversário da mãe dele, meu marido disse que a a mãe dele sempre me elogiou. No final de outubro meu marido disse que tinha voltado para cidade definitivamente e que não ia mais viajar e que gostaria de me ver. No final de semana marcamos um almoço e depois fomos para um parque perto do meu apartamento. Sinceramente eu acho que tinha deixado de ama ló, ao mesmo tempo que sentia feliz porque íamos nos encontrar, eu orei e no exato momento em que nós olhamos o amor voltou, foi um amor diferente misericordioso, eu olhava para ele e sentia pena, sentia o olhar dele perdido. Nos abraçamos e fomos almoçar, andamos no parque só conversamos sobre a viajem dele, ele disse não ficou este tempo todo na outra cidade, que já tinha retornado a um mês e meio, que estava morando em um quarto pequeno de temporada, que estes meses foram difíceis, que ele teve muitos problemas no trabalho, ele já tinha comentava quando ligava que as coisas não estavam indo bem. Na hora de ir embora eu toquei no assusto sobre o que aconteceu, ele se emocionou e disse que queria me ver e não queria falar neste assunto naquele momento. Ele começou a ligar com mais frequência, nos encontrávamos no final de semana, ele disse que eu estava bem, perguntou se eu estava indo para a igreja, disse sim que tinha encontrado um lugar abençoado, mas que o que importava era que eu tinha começado um relacionamento com Deus mais profundo agora, e meu marido riu, e disse que eu sempre fui muito conectada com o Senhor, e eu afirmei que eu era apenas religiosa, que eu estava cega. No meio de novembro voltamos. O meu erro foi aceitar ló de volta sem antes ter uma conversa séria, eu estava cometendo o mesmo erro de deixar o meu marido conduzir tudo, e também tinha lido um livro sobre a mulher sabia que dizia que tinha que aceitar e depois orar, totalmente diferente do que o Pastor Henrique diz em uma das pregações que temos que ter uma conversa séria antes de aceita ló de volta. Por não ter pressionado ele a ter esta conversa séria me sentia angustiada. Ele alugou apartamento comprou tudo novo, deixou que eu escolhesse tudo do apartamento, mas a conversa que era o mais importante não tinha acontecido. Em algumas semanas já morando no apartamento novo achei um vídeo no telefone dele de outra mulher se declarando, depois descobri que ele esteve com esta mulher durante os meses que estávamos separados, foi aí que disse para ele que não aceitaria viver com alguém que estava em adultério, por que eu estaria compactuando aceitando o pecado dele e que Deus não aceita isto. Ele disse que não tinha mais nada com ela. Ele tentou me poupar de saber a verdade sobre esta mulher, mas descobri que ele saia com esta mulher por mais de 2 anos, confesso que naquele momento eu falei que ele merecia ter passado por todo que ele passou. Ele chorou disse que ele cometeu muitos erros e que não estava com esta mulher, e pediu perdão. Eu não voltei para o deserto, mas durante este período eu passei por muita dificuldade, eu continuava confiando no Senhor, mas olhava para o meu marido me perguntava: quem é este homem? Por que eu fiquei sabendo tudo apenas neste momento? Comecei a argumentar, mas eu acreditei que o Senhor estava no controle de tudo, clamei! Clamei! Esta mulher não parou durante meses de enviar e-mail ele bloqueou o e-mail dela, mas ela mandava de outro endereço, ela mandava fotos, se insinuava, mas me mantive firme, fiquei sabendo tudo da vida dela, não procurei vingança, eu orava, usei a autoridade que me foi dada pelo Senhor Jesus na minha casa, na minha mente, nas minhas ações (evangelho de Lucas 10:19/ e o livro Efésios). Não foi fácil, mas continuava firme, descobri que ele foi para lugares exotéricos, o que ele sempre foi contra, foi tanta decepção, mas continuei clamando pelo Senhor o tempo todo. Perto do Natal ele me perguntou se podia ir comigo para a igreja, ele me disse eu não tinha o convidado, eu disse que sim já que era da vontade dele, eu sempre tive a mania de pregar para o meu marido e ficar em cima dele para ir comigo para igreja, por isto não o convidei antes, esperei que o Senhor tocasse no coração dele. Pela Bondade de Deus, Gloria a Deus! Ele vai todo domingo para igreja durante a semana abre Le a Palavra, meu marido sai dos cultos comentando como ele está sendo alimentado, o amigo de infância dele está mantendo contato e evangélico, este rapaz tem um testemunho de libertação do álcool e cura, incrível. Digo que a mudança está acontecendo da forma de Deus, eu me aconselhei com o Pastor Henrique e segui exatamente o que ele me advertiu, eu não tenho Palavras para agradecer como o Pastor Henrique foi uma benção na minha vida, obrigada Senhor! Hoje sei que não podemos em hipótese alguma procrastinar com Deus, Ele tem que ser o centro de Tudo, estar em primeiro lugar nas nossas manhas, não importa se está tudo bem ou não Ele e o Deus Altíssimo o nosso criador, nós somos servos, temos que mostrar a este mundo o caráter de Cristo nas nossas atitudes no modo de viver. Meu deserto durou pouco, porque Deus foi misericordioso comigo, Ele me sustentou, me alimentou, o Senhor me deu forças, me deu a sua beleza, me ajudou a ver que eu DEPENDO TOTALMENTE DELE, o Senhor Jesus me capacitou e me capacita todos os dias. Termino este testemunho agradecendo a Deus Altíssimo, Obrigada Senhor por ouvir as minhas orações, por me libertar do tormento, da falta de alimento, por estar comigo no dia que tive que fazer a cirurgia, dos medos, obrigada por me Amar, pois quando me senti sozinha corria para os teus braços e senti um Amor que ninguém neste mundo pode me dar, Teu Amor me traz paz, me traz foco, tranquilidade, felicidade, Teu amor Senhor me constrange a mudar, Santo Deus eu te Amo, continua a moldar a mim e meu marido, faz de nos verdadeiros servos do Teu Reino, que meu casamento reflita para este mundo a Tua Presença. Eu te LOUVO TE GLORIFICO, obrigada pelos meus pastores e pelo Pastor Henrique Lino, pois o Pastor Henrique me ajudou a enxergar a me direcionou para a porta estreita, eu agradeço pela sua vida Pastor Henrique, que o Santo Deus PAI, Deus Filho Senhor Jesus Te abençoe te proteja PARA SEMPRE EM NOME DE JESUS, AMEM

Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG