Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 0
  • 04 April 2014 10:55
  • em Notícias
  • por portal
  • Visitas: 438
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

Pastor socorre famílias ribeirinhas em Rondônia

0 0
As cheias fizeram milhares de famílias perderem suas casas gerando um grande caos.Nos últimos dias a cheia do Rio Madeira deixou mais de 18 mil desabrigados. As águas levaram eletrodomésticos e a terra cultivada das populações ribeirinhas, causando um verdadeiro caos.
Para ajudar aqueles que perderam seus bens, o pastor José Valamatos tem realizado trabalhos voluntários nas comunidades atingidas pela pior enchente do Estado desde 1997.
"Estamos lutando para minimizar o sofrimento causado pela tragédia”, disse ele ao Jornal do Brasil.
A situação merece atenção das autoridades e das instituições que queiram ajudar os moradores de Rondônia, pois a água contaminada tem causado doenças, além de impedir que alimentos e água potável chegue até aos necessitados.
O pastor conseguiu doações de uma igreja de Manaus para criar 50 cestas básicas, mas o número não é suficiente para atender a todas as famílias atingidas.
Além de igrejas evangélicas, outras instituições tentam ajudar as comunidades ribeirinhas, mas a ajuda só chega de avião ou barco.
"As pessoas estão comendo praticamente peixe, mas não é só de peixe que se sustenta uma alimentação adequada. Às vezes eles saem para caçar animais e a alimentação acaba sendo basicamente carne”, relata o pastor que tem acompanhado de perto.
Entre os itens básicos que estão em falta José Valamatos cita arroz, feijão, sal, açúcar, farinha e café. Mas as doações ficam prejudicadas pela falta de equipamentos capazes de levar o socorro para todos.
O pastor está preocupado com o que vai acontecer com as famílias que vivem à beira do rios quando as águas baixarem. "Vai ser uma calamidade”, diz. "Agora, eles podem pegar uma canoa e fugir para a cidade ou para lugares altos. Só que as águas vão baixar e tudo vai começar do zero: se casa, sem móveis, sem nada.”
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Nenhum comentário ainda...

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG