Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 17 May 2018 03:11
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 103
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

PROSTITUIÇÃO

0 0
"Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem possua a mulher de seu pai." (1 Coríntios 5:1)

 

          Infelizmente nos últimos tempos está normal, uma rotina constante ouvirmos falar de atos que são considerados absurdos sendo cometidos dentro de templos que se denominam cristãos. Nós nos deparamos com noticiários, mídias que retratam fatos horríveis sendo cometidos por supostos homens e mulheres de Deus. Mas tudo isto acontece porque são sinais dos últimos tempos, porque o amor de muitos esfriou, já não amam mais Cristo como deveriam, já não têm zelo pelo Evangelho, pois, se assim fosse, não cometeriam tais atos. E mais: quando alguém os cometesse, a igreja deveria estar apta, pronta para punir os culpados, e não concordar, aceitar, apoiá-los como se faz hoje. Vemos em muitos templos a prática de pecados cometidos e defendidos, tais como a negociação, a extorsão, o estelionato, o comércio desvairado. Esquecerem que Jesus proibiu terminantemente todo tipo de comércio dentro dos templos, é a única passagem na Bíblia em que deparamos com Jesus irado a ponto de agir com violência, pois Ele fez um chicote e expulsou todos os comerciantes; Jesus meteu o pé nas bancas dos cambistas. Mas hoje o comércio é livre, e os dirigentes desses templos denominacionais o fazem porque todos os povos apoiam, caso contrário, já teriam acabado esse pecado. Também há barganhas, criação de campanhas envolvendo dinheiro para isto ou para aquilo, dizendo que Deus vai multiplicar, mas também continuam e se proliferam, porque o povo não quer saber de abandonar os pecados, não quer se santificar, prefere o método mais fácil, quer comprar a bênção. Esquecem que Deus não é um ser corrupto, que não é humano e que Ele não aceita bajulações e nem dinheiro, Ele é o Senhor, Ele é quem dá aos que necessitam. São permitidos todos os tipos de pecados nas igrejas porque a preocupação dos dirigentes é manter o templo cheio para que haja bastantes dízimos e ofertas, para que sempre haja uma boa arrecadação. E hoje a preocupação é ter templos cada vez maiores, para receber um maior número de pessoas, o que, consequentemente, aumentará o número da arrecadação. Por esse motivo, o divórcio e o recasamento são permitidos e incentivados, porque não estão preocupados com a salvação das almas e sim em agradar as pessoas e dar-lhes o que elas querem, para assim se manterem fiéis a eles.

 "Estais ensoberbecidos, e nem ao menos vos entristecestes por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação." (1 Coríntios 5:2). Tanto ovelhas como os seus pastores, ou esses que estão se fazendo de pastores, são iguais, porque, caso contrário, o povo, as ovelhas, vendo que seu líder está agindo de modo errado, deveriam cobrar, exigir uma postura correta, ou então que o destituíssem do cargo de pastor, que colocassem outro que fosse comprometido com o Evangelho de Cristo. Templos hoje aceitam sem questionar o adultério, homens e mulheres casadas os frequentam com os amantes e ainda têm a desfaçatez de tomar a ceia do Senhor. Homens e mulheres estão em adultério exercendo cargos nesses templos, pastores, cantores estão em pecado, em segundo casamento, em adultérios no altar, e o povo aceita. Já está na hora de santificar a igreja; está na hora de sair ou exigir a saída dos pecadores; está na hora de adorar o Senhor em espírito e em verdade, e não somente com cantorias e rituais que para nada servem. Os membros dessas supostas igrejas devem exigir santidade, devem aprender a ler, pesquisar, meditar na Bíblia, conferir o que seus pastores fazem e falam, se está de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo. Se não estiver, exigir deles uma mudança, caso contrário, que saiam desse templo e procurem um outro que viva, ensine e pratique a Palavra de Deus. "Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou, Em Nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo Poder de nosso Senhor Jesus Cristo, Seja, este tal, entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus." (1 Coríntios 5:3-5). Não importa se é um membro conceituado ou não, se é um ofertante ou um grande dizimista, o importante é santidade. Se a pessoa não estiver agindo em conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo, devemos em Nome de Jesus expulsá-lo do templo. Da mesma forma, se os membros de um templo estão vendo que o pastor está no pecado, devem juntos fazer a mesma coisa, porque não podemos concordar com o erro, não podemos nos calar, porque prestaremos contas, se consentirmos com o pecado, com certeza iremos juntos padecer por toda a eternidade. Não podemos frequentar templos onde sabemos que o pecado é aceito e tolerado, porque estaremos nos unindo ao pecado. Se no templo aceitam-se o divórcio e o recasamento, se existe o comércio, as campanhas com pedição de dinheiro, devemos nos afastar e procurar uma que viva de acordo com o Evangelho. "Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa? Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade." (1 Coríntios 5:6-8). Voltemos ao Evangelho, à prática da Palavra de Deus, abandonemos o modernismo, pois a nossa Bíblia, o Nosso Evangelho é atual e se renova, e Ele é o bastante para nós. Sejamos cristãos verdadeiros e não permitamos que envergonhem o Evangelho, e nem partilharmos com quem o envergonha, não podemos estar em templos onde acontecem esses escândalos, e nem mesmo manter relações de amizades com esses falsos irmãos. "Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo." (1 Coríntios 5:9-13).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG