Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 05 February 2018 01:11
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 97
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

PREGANDO NO BARCO

0 0

"E aconteceu que, apertando-o a multidão, para ouvir a Palavra de Deus, estava Ele junto ao lago de Genesaré; E viu estar dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes." (Lucas 5:1-2)

 

          Vemos aqui o início do ministério terreno de Jesus. As pessoas se aglomeravam para ouvir a Palavra de Deus, tudo faziam para ouvir os seus ensinamentos. Digo início porque esse povo que inicialmente procurava ouvi-lo era sincero e queria saber mais sobre o Reino de Deus, mas, no final do seu ministério, havia muita gente que o seguia, mas muitos poucos eram sinceros, uma vez que muitos tinham os mais variados motivos para estarem ali. Enquanto alguns queriam somente se alimentar com pães e peixes, outros queriam levantá-lo como rei físico de Israel, e também havia os fariseus, que estavam ali para descobrir algo que pudesse incriminá-lo de alguma forma. Mas, naquele momento, estavam ali com o objetivo de ouvir a Palavra de Deus. Olha que maravilha: beber diretamente da Fonte, receber o Evangelho diretamente de Jesus Cristo! Jesus, sendo apertado, sufocado pela multidão, ao ver dois barcos na praia, dirige-se a um deles para poder se afastar um pouco, para de dentro do barco continuar pregando, ensinando o povo, como se estivesse em uma espécie de púlpito. Caso contrário, Ele não teria liberdade de movimentos, além de ficar difícil todos o verem e não o ouvirem. "E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assentando-se, ensinava do barco a multidão." (Lucas 5:3). Jesus entrou exatamente no barco de Pedro e pediu-lhe que se afastasse um pouco, para que Ele pudesse ter um ângulo melhor para ver e ser visto por todos. Assim Ele pregou, ensinou o Evangelho, falou sobre o que nunca os Israelitas tinham ouvido, falou do Reino de Deus que havia chegado, e não falou da lei de Moisés, que era a que eles conheciam. Eles ouviram o Evangelho e aprenderam sobre os preceitos do Senhor. "E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar." (Lucas 5:4). Depois que acabou de pregar e ensinar, o Senhor agora traz um outro ensinamento, mais precisamente para Pedro. Jesus com esse gesto se revela de forma clara, porque, após a pregação, manda que Pedro adentre o mar de Tiberíades, ou lago de Genesare, como também é conhecido. Jesus manda Pedro adentrar o mar e lançar as redes para pescar - Pedro era pescador e tinha tentado pescar a noite toda e nada tinha conseguido.

 "E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua Palavra, lançarei a rede." (Lucas 5:5). Veja que Pedro reconhece em Jesus a Autoridade Divina, porque lhe obedece e ainda fala que tentaram durante toda a noite pescar e nada conseguiram, mas agora que Jesus o está mandando pescar, jogar as redes, ele o fará. Todos sabiam que Jesus não era pescador, mesmo porque a sua origem humana com José foi na carpintaria, assim Ele, como homem, não entendia nada de pesca e estava dando uma ordem para um pescador experiente. Pedro poderia não atender a esta ordem e ainda replicar, mas vemos a obediência, vemos a simplicidade dele pela sua resposta. Se Pedro fosse arrogante, não passaria por essa experiência maravilhosa e não seria o Pedro, apóstolo de Cristo. Creio que, se isso acontecesse hoje, se fosse com alguns pregadores, com certeza não lhe obedeceriam e ainda o questionariam, e ainda diriam que Ele não tinha conhecimento, não sabia de nada. "E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede. E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique." (Lucas 5:6-7). Pedro, obedecendo, lançou a redes, e elas ficaram cheias de peixes. Onde antes não tinham conseguido pescar um peixe sequer, agora as redes ficaram tão cheias que foi necessário chamar outros pescadores de outro barco para ajudar a puxar a rede, e encheram dois barcos com tantos peixes que quase foram a pique. Viram o milagre acontecer, o que aconteceu somente por causa da obediência de Pedro, porque, se Ele não lhe obedecesse, se tivesse firmado em seus conhecimentos na lógica humana, não teria pescado nada. Mas agora ele viu quem era Jesus, e, ao reconhecê-lo, também reconhece a sua condição de pecador, de falhos que todos nós somos, porque a nossa conversão acontece quando descobrimos quem é Jesus, e principalmente quando percebemos que somos pecadores, somos falhos e errantes, que somente por causa da sua misericórdia podemos ser salvos. Sabemos que não merecemos tanto amor, que não merecemos o cuidado do Senhor, que tudo é Ele, portanto, devemos todo o tempo agradecer-lhe e louvar o seu Nome. "E vendo isto Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador. Pois que o espanto se apoderara dele, e de todos os que com ele estavam, por causa da pesca de peixe que haviam feito." (Lucas 5:8-9). Pedro se atira aos pés de Jesus reconhecendo a sua insignificância e a autoridade Divina do Senhor, e com temor, que quer dizer medo, ele confessa que é um pecador. Isto não aconteceu só com ele, mas também com todos os seus colegas pescadores, pois reconheceram em Jesus o Poder de Deus. Vemos que por causa de um milagre que aconteceu em virtude da obediência de Pedro vários se convertem ao Senhor. Assim, aprendemos que todo o tempo devemos ser obedientes, porque com o nosso exemplo várias pessoas se rendem ao Senhor. "E, de igual modo, também de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão. E disse Jesus a Simão: Não temas; de agora em diante serás pescador de homens. E, levando os barcos para terra, deixaram tudo, e o seguiram." (Lucas 5:10-11).  

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino 

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br  - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375


Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG