Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 19 April 2018 03:34
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 73
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

ELE PADECEU POR NÓS

0 0

"Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este mesmo pensamento, que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado; Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus." (1 Pedro 4:1-2)

 

          Quando falamos que somos discípulos de Jesus Cristo, estamos confessando que Ele é o nosso Mestre, que seguimos os seus passos, que praticamos as mesmas obras que Ele. Portanto, é natural, esperado que passemos por lutas, uma vez que o nosso Mestre passou pelo mais atroz dos castigos e humilhações, e morreu na cruz do calvário por causa dos nossos pecados. Logo, se Ele realmente é o nosso Mestre, nós procuramos nos igualar, imitar em tudo a Ele, assim não mais viveremos de acordo com as regras do mundo, mas a Dele. Desta maneira, não satisfazemos a nossa vontade, a vontade da carne, os nossos desejos, e, principalmente, não lamentamos, não reclamamos quando as lutas, as perseguições sobrevêm sobre nós. Assim a nossa vontade é viver para agradar a Deus, procuramos viver segundo os preceitos do Senhor, independentemente do que seja a nossa vontade, porque, quando nós assumimos Jesus como nosso Mestre, nós morremos para o mundo e passamos a viver Nele. Não nos preocupemos com o julgamento do mundo, o que acham ou pensam o nosso respeito, e sim com o que Deus pensa e acha. Procuremos todo o tempo dar bom exemplo de Cristo, mostrar a sua imagem refletida em nós. "Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias; e acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós." (1 Pedro 4:3-4). No passado fazíamos tudo o que o mundo sugeria, vivíamos nas mentiras, nos pecados e nas ofensas, mas agora que conhecemos o Senhor e que nos entregamos a Ele, não podemos em hipótese alguma viver ou tentar viver como vivíamos no passado, porque estaríamos pisando no Sangue do Filho de Deus, estaríamos denegrindo o Evangelho da Salvação da Vida, estaríamos sendo somente religiosos. Não podemos simplesmente nos limitar a mudar de religião e continuar nos mesmos pecados e práticas erradas, não podemos somente frequentar um templo qualquer e fazer orações, porque isto nada tem com o Senhor, não podemos ser hipócritas, mas verdadeiros filhos e filhas de Deus, ser autênticos discípulos de Jesus.

 "Os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos. Porque por isto foi pregado o Evangelho também aos mortos, para que, na verdade, fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em espírito; E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração." (1 Pedro 4:5-7). Todos os que andam na carne, satisfazendo as suas vontades, todos os que influenciam as pessoas que passam a viver como elas no pecado irão prestar contas a Deus de todas as almas que fizeram com que se extraviassem além da sua própria. O Evangelho foi também pregado aos mortos, àqueles que morreram antes da vinda de Jesus, para que, mesmo onde estivessem, se arrependessem e assim fossem dignos de receber a salvação. Estamos caminhando para o fim dos tempos, e logo não haverá mais tempo para arrependimentos, não haverá mais oportunidade de se consertar, restará somente o julgamento. Portanto, se somos inteligentes, não mais vivamos segundo as nossas vontades, mas segundo a Palavra de Deus, porque por ela seremos julgados. "Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados. Sendo hospitaleiros uns para com os outros, sem murmurações, Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus." (1 Pedro 4:8-10). Sabendo que o fim se aproxima, tendo a certeza de que o Senhor está voltando, então andemos enquanto ainda é dia, uma vez que a noite se aproxima e não é possível se movimentar nas trevas. Pratiquemos o amor, mas o verdadeiro amor, procurando sempre ensinar, exortar todos para que se arrependam e abandonem os pecados, para que também possam ser salvos. Falamos do amor de Deus, não desse sentimento terreno carnal, mas o amor que constrange, que cobra, que exige santificação, do amor que pratica a misericórdia para com todos, não só para com os nossos. Não devemos murmurar, não devemos reclamar, mas sempre ter uma palavra de otimismo, de incentivo a todos, procurarmos socorrer todos os que necessitam, agindo sempre como Jesus agiria se aqui estivesse em carne. Recebemos dons, fomos capacitados nas mais diversas áreas, portanto, devemos descobrir os nossos dons e colocá-los em prática para honra e Glória do Nome do Senhor. Não podemos ser inativos, não podemos ser omissos, porque a omissão também é pecado."Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a Glória e Poder para todo o sempre. Amém. Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua Glória vos regozijeis e alegreis. Se pelo Nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da Glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado." (1 Pedro 4:11-14).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino 

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br  - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG