Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 0
  • 15 February 2014 09:35
  • em Notícias
  • por portal
  • Visitas: 434
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

Comissão da Câmara analisa criação do Estatuto da Família

0 0
O objetivo do texto é obrigar o Poder Público a garantir as condições mínimas para a sobrevivência da família tradicional.Uma Comissão Especial foi criada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para analisar a proposta do Estatuto da Família (Projeto de Lei 6583/13).
O texto apresentado pelo deputado Anderson Ferreira (PR-PE) tem como objetivo obrigar o Poder Público a garantir as condições mínimas para a "sobrevivência” da família tradicional.
"A família vem sofrendo com as rápidas mudanças ocorridas em sociedade”, justificou o autor da proposta. Ferreira diz que através dessa lei as famílias estarão protegidas.  "O fato é que não há políticas públicas efetivas voltadas para a valorização da família e ao enfrentamento de questões complexas no mundo contemporâneo”.
O Estatuto da Família inclui ações de segurança, saúde e educação. O texto pede também a criação de uma disciplina escolar de "Educação para família” e pede a criação do  Dia Nacional de Valorização da Família a ser comemorado no dia 21 de outubro.
Mas as propostas do Estatuto não param por aí, o site da Câmara mostra que o texto de Ferreira também prevê a criação do Conselho da Família, em âmbito federal, estadual, do Distrito Federal e municipal, formado por integrantes da sociedade e representantes do Poder Público.
Esse conselho ficaria responsável por encaminhar ao Ministério Público e ao Judiciário qualquer informação que atente contra os direitos da família.
Alves vai indicar os 23 deputados que farão parte desta comissão e estudarão se a proposta apresentada em fevereiro de 2013 pode ou não ser colocada em prática.
Por conta dessa decisão dos deputados em avaliar a proposta, a o portal da Câmara criou uma enquete para saber se a população brasileira é ou não a favor do conceito de que família é formada por um homem e uma mulher.
Até o fechamento desta matéria a enquete já tinha 199.684 votos, 52,83% deles dizia que sim, a família é formada pela união de um homem e uma mulher. 46,78% rejeitam tal afirmação e 0,39% não tinha opinião formada sobre o tema. Para votar acesse o site da Câmara.
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Nenhum comentário ainda...

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG