Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 09 October 2018 02:48
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 75
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

AOS DISCÍPULOS

0 0
"E dizia também aos seus discípulos: Havia um certo homem rico, o qual tinha um mordomo; e este foi acusado perante ele de dissipar os seus bens.” (Lucas 16:1)
 
         Jesus usa a história, uma parábola que fala de um administrador desonesto para nos ensinar que devemos ser ágeis no ensino, na pregação do Evangelho. Isto porque, a bem da verdade, os cristãos, ou melhor, os que se identificam como crentes, evangélicos, são naturalmente preguiçosos e não usam a inteligência, o conhecimento que Deus lhes deu para expandir o Evangelho. Muitos falam e citam o Ide de Jesus, mas só ficam nisso, nada fazem de verdade, pois se limitam uma vez ou outra a falar com alguém dizendo que Jesus o ama. Infelizmente, os crentes atuais, e falo principalmente do nosso país, são covardes e medrosos, além, é claro, de preguiçosos, pois eles não se esforçam para levar ao conhecimento das pessoas quem é Jesus e o que Ele espera de nós. Temos que ser audazes, temos que aprender a evangelizar em tempo integral, sempre falar do Reino, mostrar a Verdade para todos, e não ficarmos somente convidando as pessoas para as nossas congregações ou denominações, mas convidá-las a buscar a salvação. Os líderes de congregações somente mandam os seus membros convidarem as pessoas para as suas congregações, chamá-los para os visitar. Fazem shows, campanhas, festas para com isso atrair as pessoas não a Cristo, mas a eles. "E ele, chamando-o, disse-lhe: Que é isto que ouço de ti? Dá contas da tua mordomia, porque já não poderás ser mais meu mordomo.” (Lucas 16:2). As pessoas têm que compreender que serão cobradas pela inércia, pelas suas omissões, pelas suas mentiras, porque dizem estar evangelizando, mas não estão fazendo isso para o Reino, estão simplesmente divulgando, fazendo propaganda de uma denominação qualquer, de um templo, e também falando de um Jesus que não é real, pois falam em barganhas, chamam as pessoas para receberem bênçãos e tudo mais. Temos de apresentar Jesus Cristo crucificado, o Jesus que morreu na cruz para que pudéssemos ser salvos, o Jesus que cobra obediência a sua Palavra, o Jesus que, se vivermos em desobediência, em rebelião a sua Palavra, nos enviará para o inferno, para o sofrimento, desonra e morte eterna. Temos que parar de dourar a pílula, temos que parar de tentar amenizar o Evangelho, mas apresentá-lo como Ele é, sem mentiras, pois todos os que falam o que Jesus não mandou falar estão mentindo, e, com certeza, irão prestar contas disso.
 "E o mordomo disse consigo: Que farei, pois que, o meu senhor, me tira a mordomia? Cavar, não posso; de mendigar, tenho vergonha. Eu sei o que hei de fazer, para que, quando for desapossado da mordomia, me recebam em suas casas.” (Lucas 16:3-4). Devemos nos preparar para quando formos chamados para partir, para quando for a hora de deixarmos este mundo, para onde formos. Será que usamos todos os nossos conhecimentos, força, estratégia para viver o Evangelho e somos dignos de ser salvos e vivermos com Cristo, ou iremos para a prisão e sofrimento eterno? Nessa parábola, Jesus nos mostra como esse administrador infiel, após ser pego roubando, foi despedido, e ele usou de artimanhas para que, após ser despedido, pudesse ser recebido pelas pessoas, pois ele furtou ainda mais do seu patrão. Jesus não está elogiando a sua maneira desonesta e sim mostrando como ele foi precavido providenciando uma maneira de viver no futuro após ser despedido. Nós deveríamos estar usando nossa habilidade, conhecimento, esforços e tudo o mais para vivermos, praticarmos a Palavra de Deus, pois, quando partirmos daqui, poderemos ser recebidos por Ele. Mas a maioria está negligenciando, pensando que sempre terão tempo, esquecendo que não sabemos a hora em que seremos chamados, não sabemos quando partiremos, por isto é nosso dever estar vigilantes, assim como Jesus manda. "E, chamando a si cada um dos devedores do seu senhor, disse ao primeiro: Quanto deves ao meu senhor? E ele respondeu: Cem medidas de azeite. E disse-lhe: Toma a tua obrigação, e assentando-te já, escreve cinquenta. Disse depois a outro: E tu, quanto deves? E ele respondeu: Cem alqueires de trigo. E disse-lhe: Toma a tua obrigação, e escreve oitenta.” (Lucas 16:5-7). Esse administrador infiel, desonesto, foi hábil para lutar e conseguir o que desejava, assim como na parábola do juízo iníquo, eles perseveraram, usaram de estratégias e alcançaram os seus objetivos. Devemos aprender com eles, pois, se quisermos ser salvos, devemos nos esmerar em fazer tudo o que Cristo nos manda para que possamos alcançar a salvação, porque ela está disponível a todos os que amarem Jesus, e a única maneira de demonstrarmos o nosso amor para com Ele é pela nossa obediência aos seus preceitos, como Ele mesmo fala. Assim, ser inteligente é lutar de todas as maneiras para viver o Evangelho de Jesus Cristo, porque a qualquer momento podemos ser mandados embora, podemos ser despedidos deste mundo, então, para onde iremos, vai depender de como vivermos aqui, do quanto nos esforçarmos para fazer a vontade de Cristo. "E louvou aquele senhor o injusto mordomo por haver procedido prudentemente, porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz. E eu vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça; para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos. Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito. Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras? E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso? Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Lucas 16:8-13).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino
 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG