Artigos


  • Novo telefone 4020-9729

    Não é necessário acrescentar DDD para ligações nacionais à distância

  • Envie Seu Testemunho

    Envie seu testemunho para ser colocado em nosso portal, com certeza irá edificar muitas vidas.

  • Pr. Henrique Lino Ao Vivo

    Mensagens fé e ousadia de segunda à sexta às 07h da manhã. Clique aqui!

  • Casamento

    Deus tem compromisso com o casamento, busque ajuda!

  • Cadastre e Receba nossas Mensagens

    Fique por dentro de tudo que acontece no meio cristão e ainda receba estudos, palavras e muito mais todos os dias gratuitamente em seu e-mail.

  • Pergunte ao Pastor

    Esclareça suas dúvidas, deixe sua pergunta para o pastor

  • Comentários: 1
  • 09 November 2018 01:28
  • em Mensagem do Dia
  • por portal
  • Visitas: 42
  • Última modificação: -/-
  • (Classificação atual 0.0/5 Estrelas) Total de votos: 0

AJUDANDO OS ENFERMOS

0 0
"Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.” (Romanos 14:1-3)
 
          As pessoas fazem uma enorme confusão, pois muitos criticam os que se identificam como crentes, evangélicos, mas que não comem determinados tipos de alimentos, como carne de porco, porque entendem que é errado. Outros não comem carne de nenhuma espécie durante a semana santa, ou especialmente na sexta-feira santa, pois acham que é errado, que é pecado. Assim também há outros que condenam a ingestão de uma taça de vinho, ou de suco de vinho concentrado, enquanto outros não condenam. Enfim, são várias as doutrinas de homens que servem para condenar as pessoas, mas que não têm fundamento bíblico. Vivemos um evangelho diferente do Evangelho de Jesus Cristo, pois o que Ele condenava era o pecado, a rebelião à Palavra de Deus, e não vimos Ele em momento algum condenando alguma pessoa que estivesse a agradar a Deus, ou tentando não desagradá-lo. Por isto é que devemos parar de querer julgar as pessoas por não comerem determinados tipos de comidas, ou por não aceitarem ou ingerirem determinados tipos de bebidas, e muito menos porque guardam determinados dias da semana, mês ou ano, porque, se elas fazem isso com o propósito de agradar a Deus, se o fazem em reverência ao Senhor, então quem somos nós para dizermos o contrário? Com referência a alimentos, sabemos que o Senhor não nos permite comermos sangue de animais, ou animais sufocados, e nem nos envolver com prostituição, mas, fora isto, podemos nos alimentar de qualquer alimento que quisermos, pois não é pecado. Mas se algumas pessoas acham que é pecado e não querem comer algo, não temos por que criticá-las, pois estão agindo assim com o objetivo de agradar a Deus, e como elas não chegaram ao perfeito entendimento, não podemos condená-las. Também existem pessoas que, ao se depararem com um trabalho de macumba, ou outra coisa qualquer, simplesmente não dão confiança, só repreendem em Nome de Jesus Cristo e prosseguem. Tudo depende da fé de cada um, depende do crescimento espiritual, mas aquilo que for feito tem que ser com fé, e não na dúvida.
              "Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.” (Romanos 14:4) Sabemos que todos são feituras, criaturas de Deus, portanto é nosso dever ajudar todos a conhecerem Cristo e não os julgar por estarem tentando adorar, fazerem a vontade do Senhor, porém sem o devido conhecimento. Devemos sim, em momento oportuno, mostrar que para Cristo isto nada vale, porque não é pelo que comemos ou bebemos, ou por guardar determinados dias que seremos salvos. Uma pessoa pode ser salva mesmo não comendo determinadas comidas, ou guardando dias, enquanto outras – que dizem conhecer o Senhor e têm entendimento claro desse assunto, que comem de tudo e sabem que todos os dias são iguais para o Senhor – podem não ser salvas, isto porque elas concordam e aceitam o que realmente é pecado, pois praticam o adultério, a fornicação, a desonestidade, a maldade e outros. Não podemos julgar ou condenar ninguém por não comer ou não beber algo, ou por guardar determinados dias ou não fazê-lo, pois isto não é pecado, pecado incorre é quem os julga. Só podemos julgar de acordo com a Palavra, de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, que é o próprio Jesus, e, como isso não é considerado pecado, quem julga essas coisas é que está pecando. "Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.” (Romanos 14:5-6). As pessoas que procuram ser fiéis a Cristo e que fazem determinadas coisas para o adorar não podem ser condenadas, mesmo que estejam fazendo algo desnecessário, ou sem valor espiritual, pois elas assim procedem por ignorância, e o Senhor não vai condená-las por isto, uma vez que Ele não leva em conta o tempo da nossa ignorância. Mas é a nossa função alertar essas pessoas, não condená-las, e sim explicar à luz do Evangelho que não precisam fazer isso, mostrar que não vivemos um Evangelho ritualístico, que vivemos no Evangelho da Graça e que temos liberdade Nele. Sabemos que a igreja é constituída de pessoas diferentes, com suas individualidades, e da mesma maneira Deus as trata e dá dons a cada uma de maneira individual, transformando-as no Corpo de Cristo. "Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.” (Romanos 14:7-10). Nós não vivemos por nós mesmos, nem para nós mesmos, vivemos por Cristo e para Cristo, todos os que conhecem o Senhor, mesmo que de maneira tênue, sabem que lutamos todos para alcançarmos vida eterna Nele. Sabemos que, se morrermos agora é pelo Senhor e para o Senhor, isto é, claro que os que têm esse entendimento e buscam, almejam a sua salvação, assim não podemos ser tropeço de ninguém, pois quem sairia prejudicado seríamos nós mesmos. Portanto, sabemos que não é a questão de dias ou de alimento que conduzirá alguém à salvação, assim também sabemos que não é isso que as impedirá de alcançar a salvação. "Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão. Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda. Mas, se por causa da comida se contrista teu irmão, já não andas conforme o amor. Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu. Não seja, pois, blasfemado o vosso bem; Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Porquê quem nisto serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens.” (Romanos 14:11-18).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Compartilhar
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Este post tem 1 Comentários

Deixe uma resposta

Nome:: Campo obrigatório.
Endereço de e-mail: Campo obrigatório. Não é visível
Website::
Código Captcha:: Campo obrigatório.
Comentário: Campo obrigatório.

CONTATOS MINISTERIAL


Telefone (Ligação Local):
4020-9729

Whatsapp 32-984259375

LIGAR SOMENTE DE FIXO  0800 042 0257 

Correspondências:
Caixa Postal 1041 - CEP 32001-970 - Contagem-MG